MotoGP: Pol Espargaró está convencido de que pode lutar pelo título em 2021

Piloto espanhol terminou GP de Doha na 13ª posição

MotoGP: Pol Espargaró está convencido de que pode lutar pelo título em 2021

Pol Espargaró terminou a segunda etapa da temporada de 2021 da MotoGP no Catar na 13ª posição. No entanto, o piloto da Honda se mostrou contente com seu desempenho na corrida e garantiu que está certo de que pode lutar pelo título no Mundial.

Uma série de erros na pista durante o GP de Doha condenou o espanhol, que terminou em 13º, mas apenas 6 segundos atrás do vencedor Fabio Quartararo. Na semana passada, o piloto ficou em 8º, 5s9 atrás de Maverick Viñales, praticamente à mesma distância do vencedor da prova.

Leia também:

A Honda cometeu erros que o impediram de seguir adiante e terminar com os times da frente.

“Saio com boas sensações, no ritmo temos sido um dos melhores para lutar pela corrida ou pelo pódio. Não fizemos as coisas bem no sábado, largando do 14º lugar não se pode lutar por nada ”, lamentou.

“Cometi erros e cheguei a 6 segundos do primeiro. Queria terminar à frente do Joan Mir (7º) e no final um erro de travagem me impediu. O bom é que saio daqui sabendo que somos um dos mais rápidos, poderíamos ter ganhado muito mais se tivéssemos tido um bom sábado ”, insistiu.

Apesar de terminar fora dos 10 primeiros, Pol foi a primeira Honda a terminar as duas corridas do Catar, com uma moto que na segunda metade do ano passado lutou pelo pódio e que, agora, está sem pilotos na frente.

"Não estou tentando ser o primeiro da Honda, quero ser o primeiro de tudo", disse.

“Neste circuito, as coisas correram muito mal para nós durante todo o final de semana, treinos terríveis. Mas na corrida, se tivéssemos largado das duas primeiras filas teríamos lutado pela vitória em ambas, fui mais rápido que todos na frente ... Não juntamos as peças como devíamos e cometi dois erros muito graves."

“A moto está rápida, não estou preocupado porque a velocidade existe, estamos rápidos e penso que podemos ter uma temporada brutal. Se melhorarmos na classificação e partirmos das primeiras filas, vamos poder lutar por todos os pódios da temporada", garantiu.

O piloto de Granollers tirou conclusões muito positivas do início da temporada no Catar.

"Estou saindo daqui sabendo que podemos ser candidatos ao título, mas também nos deixando muitos prontos, sabemos o que fizemos bem e o que erramos, em Portimão acho que podemos fazer melhor", disse.

Dentro de duas semanas, em Portugal , espera-se o reaparecimento de Marc Márquez no grid da categoria.

“Não sei o que vai acontecer quando o Marc chegar, mas a moto de hoje estava lá para lutar pelo pódio. Sábado, não. Nós sabemos disso e vamos trabalhar nisso para o próximo GP. Se não fosse por um erro na travagem, teria terminado em sexto. A moto está nivelada e tem muito potencial”, concluiu.

F1: Nova ORDEM de forças? Veja análise DETALHADA sobre como Mercedes pode PERDER briga para Red Bull

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Batalhas entre Hamilton e Verstappen ditarão temporada 2021 da F1?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Mir defende Rossi e diz que italiano "não está velho"

Artigo anterior

MotoGP: Mir defende Rossi e diz que italiano "não está velho"

Próximo artigo

Rossi dispara contra críticos que pedem sua aposentadoria da MotoGP: "O que importa são os resultados"

Rossi dispara contra críticos que pedem sua aposentadoria da MotoGP: "O que importa são os resultados"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP de Doha
Sub-evento Corrida
Localização Losail International Circuit
Pilotos Pol Espargaro
Equipes Repsol Honda Team
Autor Germán Garcia Casanova