MotoGP: Trackhouse Racing chega oficialmente em 2024 como satélite da Aprilia e substituta da RNF

Equipe antecipa plano de competir na maior categoria do motociclismo mundial

Dorna CSO Carlos Ezpeleta, Aprilia CEO Massimo Rivola, Trackhouse owner Justin Marks, Dorna CCO Dan Rossomondo. presenter Jamie Little at the Trackhouse Racing Team Aprilia presentation

Dorna CSO Carlos Ezpeleta, Aprilia CEO Massimo Rivola, Trackhouse owner Justin Marks, Dorna CCO Dan Rossomondo. presenter Jamie Little at the Trackhouse Racing Team Aprilia presentation

MotoGP

A Trackhouse Racing, de propriedade americana, anunciou oficialmente que se juntará ao grid da MotoGP em 2024 como equipe satélite da Aprilia, substituindo a extinta equipe RNF.

Após a conclusão da temporada de MotoGP de 2023, a Dorna Sports anunciou que não permitiria que a RNF continuasse a participar na categoria a partir de 2024.

Leia também:

Em um comunicado destacou “repetidas infrações e violações do Acordo de Participação que afetam a imagem pública da MotoGP” como o motivo.

Isto está relacionado com o fato de o acionista majoritário e parceiro principal da RNF, a CryptoDATA, não ter pagado o que devia pelo patrocínio do GP da Áustria, enquanto vários fornecedores da equipe também tinham dívidas pendentes.

O Motorsport.com informou em 28 de novembro – mesmo dia da declaração da Dorna – que as vagas do grid alugadas pela RNF seriam assumidas pela Trackhouse Racing.

A Trackhouse Racing, de propriedade de Justin Marks e do músico Pitbull, corre na NASCAR e conquistou cinco vitórias na categoria principal, a Cup Series.

A equipe já tinha visitado o paddock da MotoGP no início deste ano para avaliar a possibilidade de ingressar no grid, planejando originalmente fazer isso em 2025, pois sentiu que precisava de se expandir para fora da América.

No entanto, a situação com a CryptoDATA tornando a posição da RNF insustentável levou a Trackhouse a acelerar a sua mudança para a MotoGP.

Ao anunciar oficialmente os seus planos na terça-feira, antes mesmo da confirmação da MotoGP, a Trackhouse irá essencialmente assumir o antigo plantel da RNF e a sua equipe, enquanto Miguel Oliveira e Raul Fernandez – que estão contratados pela Aprilia – permanecerão como pilotos.

O Motorsport.com já soube em Valência que a Trackhouse irá estreitar os laços com a Aprilia, com o fabricante italiano a considerar a possibilidade de fornecer uma terceira moto de fábrica para um dos pilotos da Trackhouse.

No entanto, dada a difícil recuperação para reunir tudo para construir um terceiro protótipo RS-GP de 2024, esta não será uma tarefa fácil.

Marks disse: "Esse é um momento monumental para a Trackhouse Entertainment Group. É a base do nosso trabalho desde o começo ter a visão e desenvolver o entusiasmo e paixão necessário para construir uma das empresas de entretenimento do esporte a motor mais valiosas do mundo. Nossa entrada na MotoGP é outro passo na execução dessa visão".

"Sentimos que a MotoGP está perfeitamente posicionada pelo crescimento massivo nos próximos anos, não somente nos EUA, mas internacionalmente. Tem todos os ingredientes para seguir crescendo globalmente: um produto emocionante nas pistas, grandes estrelas, experiências de fãs e parceiros sem igual e um ambiente divertido e receptivo".

O envolvimento da Trackhouse na MotoGP coincide com a categoria assumindo mais influências americanas, depois que o ex-chefe da NBA, Dan Rossomondo, foi nomeado diretor comercial da Dorna.

Os EUA também têm uma história rica na MotoGP, com os títulos mundiais de Kenny Roberts Sr, de 1978 a 1980, lançando as bases para um período dominante durante os anos 1980 e início dos anos 1990, com nomes como Freddie Spencer, Eddie Lawson, Wayne Rainey e Kevin Schwantz.

O último campeão mundial americano veio em 2006, quando Nicky Hayden conquistou o título, embora não tenha havido um piloto dos EUA em tempo integral desde a última temporada do falecido Hayden em 2015. Ben Spies continua a ser o último piloto americano a vencer uma corrida de MotoGP, em Assen 2011.

FRENTE A FRENTE COM WOLFF: Bastidores da entrevista exclusiva com chefe da Mercedes no GP do Brasil!

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP confirma sistema de concessões para a temporada 2024
Próximo artigo MotoGP - Marc Márquez vai "aceitar críticas" se ida para Ducati der errado: "Poderei me aposentar em paz"

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil