Rossi diz que apoiaria introdução de rádio na MotoGP

Após corrida complicada na Alemanha, heptacampeão da MotoGP fala que canal de comunicação teria facilitado decisões

Rossi diz que apoiaria introdução de rádio na MotoGP
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing leads at the start
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Marc Marquez, Repsol Honda Team, Jack Miller, Marc VDS Racing Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda and Andrea Dovizioso, Ducati Team in the pitlane
Cal Crutchlow, Team LCR Honda, Andrea Dovizioso, Ducati Team and Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing in the pitlane
Carregar reprodutor de áudio

Depois de uma corrida bastante atípica na Alemanha, onde os pilotos tiveram de trocar de moto sob condições difíceis sem saber que pneu utilizariam na segunda metade da corrida, Valentino Rossi disse que apoiaria a introdução do rádio na MotoGP – algo que puristas do esporte sempre foram contra.

"Com certeza se tivéssemos uma comunicação direta com o box seria muito mais fácil", disse Rossi. "Às vezes com as placas é difícil.”

"Por exemplo, citando Assen, se me dissessem que eu já tinha dois segundos de vantagem, eu teria aliviado meu ritmo, podendo evitar o meu erro.”

"Não sei se é possível ter rádio, mas não sei por que não ter. Talvez custe, não sei."

Márquez e Dovizioso discordam

Mas Marc Márquez e Andrea Dovizioso, que terminaram em primeiro e terceiro lugares, respectivamente, em Sachsenring, têm uma visão contrária à de Valentino.

Márquez disse que a criação de um plano pré-corrida de estratégia pode compensar as limitações da comunicação via placas.

"Eu mal posso imaginar estar a 300 km/h e alguém começar a falar com você", disse ele. "Não é necessário se você tiver um bom plano antes da corrida.”

"Temos trabalhado muito em nestas situações desde 2013, depois do GP da Austrália", acrescentou, referindo-se à corrida na qual foi desclassificado por ter trocado de motos fora da janela obrigatória em Phillip Island.

Dovizioso, por sua vez, viu o lado positivo de ter comunicação de rádio, mas disse que prefere deixar as coisas como estão.

"Talvez isso possa facilitar a gestão de tudo, e também pode ser melhor para a segurança", disse o piloto da Ducati. "Se pudermos falar durante a corrida, nossa decisão sobre a estratégia poderá ser muito melhor.”

"Mas o nosso esporte é diferente da Fórmula 1, então eu acho que é melhor manter assim."

compartilhar
comentários
Telemetria confirma que troca de moto de Marquez foi legal
Artigo anterior

Telemetria confirma que troca de moto de Marquez foi legal

Próximo artigo

Problema em moto impediu Pedrosa de seguir tática de Márquez

Problema em moto impediu Pedrosa de seguir tática de Márquez