Vitória na Áustria faz Ducati quebrar recordes e paradigmas

Em primeiro triunfo após quase seis anos, hiatos de uma década são quebrados no Red Bull Ring

Vitória na Áustria faz Ducati quebrar recordes e paradigmas
Race winner Andrea Iannone, Ducati Team, second place Andrea Dovizioso, Ducati Team and Ducati Team
Andrea Iannone, Ducati Team, Andrea Dovizioso, Ducati Team
Winner Andrea Iannone, Ducati Team and Gigi Dall'Igna, Ducati Team General Manager
Andrea Dovizioso, Ducati Team, Andrea Iannone, Ducati Team
Andrea Iannone, Ducati Team takes the checkered flag
Race winner Andrea Iannone, Ducati Team
Andrea Iannone, Ducati Team

A Ducati finalmente retornou às vitórias. Desde outubro de 2010 os italianos não sabiam o que era comemorar um triunfo na MotoGP.

Mas eis que 2128 dias depois – após dificuldades com motos difíceis de guiar, após um estrondoso fracasso com Valentino Rossi e trocando de diretor-técnico por mais de duas vezes – a fábrica de Borgo Panigale pôde voltar a sorrir.

A última vitória da Ducati havia sido no GP da Austrália de 2010, com Casey Stoner.  Já a dobradinha ocorrida no último domingo na Áustria, com Andrea Iannone e Andrea Dovizioso, é quase inédita na história do mundial.

Quase, porque aconteceu apenas uma vez antes, no GP da Austrália de 2007, com Casey Stoner finalizando na frente de Loris Capirossi.

Por sinal, o piloto italiano foi o último a vencer em uma Ducati que não Casey Stoner. Para chegar ao último triunfo de Loris temos de voltar até 2007, no GP do Japão em Motegi – prova que marcou o único título da Ducati na MotoGP.

A vitória de Iannone foi o 32ª da Ducati na MotoGP. Antes dele, Stoner conquistou 23 triunfos, Capirossi sete e Troy Bayliss um.

Outro número interessante do GP da Áustria diz respeito à variação de vencedores na MotoGP. Desde o final de 2006 e o início de 2007 não tínhamos cinco vencedores diferentes em cinco provas seguidas.

Resta saber agora se a Ducati será capaz de conseguir novos triunfos neste ano.

compartilhar
comentários
Aprilia detona pilotos após queima de largada na Áustria
Artigo anterior

Aprilia detona pilotos após queima de largada na Áustria

Próximo artigo

Rossi lamenta e diz que teria que “arriscar muito” por pódio

Rossi lamenta e diz que teria que “arriscar muito” por pódio
Carregar comentários