NASCAR Brasil: Entenda por que categoria adota corrida noturna

Etapa de Londrina tem tradição com o Night Challenge, que começa com o dia claro e finaliza à noite

Arthur Gama e Gui Backes

O fim de semana da NASCAR Brasil Sprint Race em Londrina reserva a já tradicional etapa Night Challenge, com uma das corridas acontecendo ao anoitecer, adicionando um desafio para os pilotos mas também gerando grandes imagens. A ideia foi colocada em prática pela primeira vez em 2014, ainda com o campeonato se chamando Sprint Race. Desde então, a pista do norte do Paraná ficou com essa característica.

Leia também:

Corridas noturnas não são novidades no Brasil, mas elas normalmente acontecem em competições Endurance. Sempre visando dar um pouco de ineditismo a ideias que não são comuns no automobilismo brasileiro, Thiago Marques, representante da NASCAR Brasil explicou como a categoria tem a vocação para colocar em prática novas ideias e como surgiu a ideia da prova noturna.

“A gente procura em toda etapa criar uma situação diferente”, disse Thiago Marques com exclusividade ao Motorsport.com. “Não só para o público, para o telespectador ou para quem curte a categoria, mas também e principalmente para os pilotos.”

“Eu queria fazer uma corrida noturna rápida, mas a TV não aceitou, porque alegaram que o narrador não iria conseguir identificar os carros. Então, decidimos fazer algo começa de dia e acaba à noite.”

“E aí aconteceu a nossa Night Challenge. Com o pôr do sol fica bonito. As fotos, as imagens são lindas e continua pegando os patrocinadores. O narrador, no meio da corrida consegue acompanhar a história da prova. Ele sabe quais pilotos estão disputando a primeira posição. Então, pegou bem essa corrida, ficou legal.”

Além de criar um desafio maior aos pilotos e gerar grandes imagens, o 'bônus' da etapa de Londrina reserva uma premiação diferente, realizada em uma balada de Londrina, na mesma noite. 

O Motorsport.com transmite ao vivo tanto a corrida diurna, às 13h, quanto a Night Challenge, por volta das 17h30.

Como funciona a estratégia de um time e por que a Ferrari vai mal? Rico Penteado explica

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #232 - É o 'fim da linha' para o GP de Mônaco na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior NASCAR Brasil: Léo Torres vence em Londrina após grande pega com Jorge Martelli
Próximo artigo NASCAR Brasil: Léo Torres ressalta “lealdade” de Martelli após disputa insana em Londrina

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil