Pela primeira vez, família de Ward Jr. fala publicamente sobre acidente fatal

Após um ano do desastre que matou o jovem piloto, pai e mãe de Kevin Ward Jr. aparecem em programa de TV da rede ABC

Pela primeira vez, família de Ward Jr. fala publicamente sobre acidente fatal
Kevin Ward Jr.
Kevin Ward Jr.
Kevin Ward Jr.

Durante competição de sprint cars em 9 de agosto de 2014, o piloto da NASCAR, Tony Stewart, acertou e matou Kevin Ward Jr., quando este aparecia no meio da pista para reclamar com Stewart. Dias depois, o juri do estado de Nova Iorque declarou que não indiciaria o tricampeão da NASCAR criminalmente.

Um ano após o ocorrido, a família de Ward Jr. entrou com ação civil contra Stewart na suprema corte de Nova Iorque.

"Não acredito que Tony Stewart queria matar meu filho, mas suas ações o mataram. Acho que ele perdeu a paciência", disse Pamela, mãe de Kevin, em programa de TV.

"Mais do que ninguém eu gostaria que Kevin não saísse do carro, mas também reconheço o fato de que se Stewart passasse pela parte de baixo da pista, meu filho ainda estaria aqui."

Perguntada sobre os motivos que levaram a família a entrar com a ação, Pamela Ward respondeu: "Queremos que ele seja responsabilizado pela morte de Kevin, é a única ação que nos resta."

A peça diz que Stewart agiu de maneira arbitrária, com má intenção, negligência e imprudência. O termo inclui também que Ward foi submetido a dor e sofrimento antes de morrer.

Durante o anúncio da decisão que tirou a possibilidade de Tony Stewart ser indiciado criminalmente, o juiz Michael Tantillo, citou que o exame toxicológico de Ward acusava efeito do uso de maconha no piloto, com nível suficiente para "comprometer o discernimento."

No entanto, a matéria da rede ABC nesta sexta-feira se referiu aos relatórios toxicológicos que Ward tinha apenas vestígios de maconha em seu sistema.

A discrepância não foi abordada na entrevista, mas a emissora também disse em "nova evidência" que seria introduzida no processo.

Perguntado se ele sentia Stewart matou Ward e "ficou impune", Kevin Ward Sr. disse: "Sim, eu sinto. Tony corre todas as semanas. Eu sei que meu filho nunca vai correr novamente. "

Tont Stewart não quis comentar o caso.

 

 

Daytona 2016 

Senhores, liguem seus motores! A corrida de maior impacto da Nascar está agora ao seu alcance. Saiba como aqui

compartilhar
comentários
Lenda da NASCAR, Buddy Baker morre aos 74 anos

Artigo anterior

Lenda da NASCAR, Buddy Baker morre aos 74 anos

Próximo artigo

Kenseth conquista a pole para Michigan; Gibbs domina grid

Kenseth conquista a pole para Michigan; Gibbs domina grid
Carregar comentários