Planos de Gene Haas na Fórmula 1 não vão afetar sua equipe na NASCAR

compartilhar
comentários
Planos de Gene Haas na Fórmula 1 não vão afetar sua equipe na NASCAR
Por:
Traduzido por: Erick Gabriel

Mesmo com planos de entrar na Fórmula 1 a partir do ano que vem, não parece que a equipe sofrerá qualquer alteração na sua operação de stock car nos Estados Unidos.

Gene Haas e Tony Stewart
Gene Haas e Tony Stewart
Gene Haas e Tony Stewart
Vencedor corrida Cole Custer celebra
Vencedor da corrida e 2014 NASCAR Sprint Cup series campeão Kevin Harvick, Stewart-Haas Racing Chevrolet celebra com Tony Stewart, DeLana Harvick, Gene Haas e toda a equipe
Sede da Haas F1 Team em Kannapolis, N.C.
Gene Haas olha para o carro de Regan Smith

Se especialistas pensaram que a operação de Gene Haas na Fórmula 1 desviaria sua atenção da NASCAR, pense novamente. O desempenho das equipes da Sprint Cup e Camping World Truck Series é a prova necessária para se dissipar esse pensamento.

Kevin Harvick é o líder da competição em pontos e atual campeão, além de continuar conseguindo grandes marcas. Seu colega de equipe, Kurt Busch, que veio a vencer a etapa de Michigan, liderou o maior número de voltas em Bristol e Richmond. Mesmo perdendo as três primeiras etapas, o Buschão já conseguiu três poles e duas vitórias em seu número #41.Sua média de largada está em 10.4 e de chegada em 9.9, ambas as melhores de sua carreira.

Mesmo com Kurt completando apenas 12, das 15 etapas, ele já é o 11° colocado no campeonato por pontos e o terceiro, se contarmos o número de vitórias. Ele já liderou 665 voltas e só perde para seu colega, Kevin Harvick, que liderou 1.225 das 4.619 voltas da temporada.

"A melhor parte de uma vitória como esta é ter uma semana a mais para apreciá-la e recarregar as energias para a continuação da temporada. Tenha certeza de que vamos lutar para estar em Homestead com chances."

Pronto para o desafio

Depois da vitória de Kurt Busch no domingo, o dono da equipe, Gene Haas, colocou uma pressão extra sobre os ombros do piloto. Após Haas estar decepcionado, depois que Busch destruiu um dos carros nos treinos livres antes da prova, ele percebeu que seus dois pilotos andam no limite. Por causa desses talentos, o mandachuva da equipe acredita que eles vão brigar intensamente pelo título desse ano.

"Automobilismo é um esporte duro. Esses rapazes trabalham duro. Tudo em nome de vencer o campeonato. Acredito fortemente que Kurt Busch tem totais condições de vencer o campeonato. Essa é minha visão, esse é o meu objetivo."

"Uma coisa eu te digo, quando você vê Kurt correndo daquele jeito, estando a frente ou atrás, você percebe que há um talento que não é ensinado a ninguém. Acho que a Stewart-Haas Racing tem tudo para conquistar mais um título."

Próxima geração

Junto com o sucesso de Busch na Sprint Cup, o fim de semana trouxe também a vitória de Cole Custer, em Gateway. Foi sua segunda vitória em doze provas, a primeira da temporada.

Apesar de correr de maneira limitada, pois tem apenas 17 anos, o californiano já teve duas poles, três Top5 e 7 Top10. Sua média de largada é 7.3 e de chegada é 10.

"Ele tem feito um trabalho fantástico desde que começamos", disse Joe Sheer, chefe de mecânicos. "Ele parece ser mais maduro do que uma outra pessoa na idade dele e faz um grande trabalho. Não acho que a pressão o incomoda. Quando dizemos a ele para ir, ele vai!", completou o crew chief após a vitória de Custer no sábado passado.

"Na Truck Series você nunca pode desistir. Quanto mais você estiver entre os dez, fazendo seu truck melhorar de desempenho, você sempre está vivo na corrida. Muitas coisas acontecem nas relargadas no fim. Você sempre tem que continuar ali e tentar sempre o máximo possível durante toda a prova", afirmou Custer.

Cole Custer, que completa 18 anos em janeiro, fará a temporada completa da Truck Series em 2016 e, se possível, algumas da Xfinity Series no mesmo ano para prepará-lo para 2017.

NASCAR vai introduzir novo pacote aerodinâmico em Kentucky

Artigo anterior

NASCAR vai introduzir novo pacote aerodinâmico em Kentucky

Próximo artigo

Somente mais circuitos mistos na NASCAR não ajuda a internacionalizar a categoria

Somente mais circuitos mistos na NASCAR não ajuda a internacionalizar a categoria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR Cup
Pilotos Kevin Harvick , Kurt Busch , Cole Custer
Equipes Stewart Grand Prix
Autor Lee Spencer