Stock Car Brasil
13 set
-
15 set
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Próximo evento em
4 dias
R
Velo Città 2
08 nov
-
10 nov
Próximo evento em
25 dias
R
Goiânia II
22 nov
-
24 nov
Próximo evento em
39 dias

Stock Car: Barrichello fez "mágica" para chegar em 8º com problemas no câmbio

compartilhar
comentários
Stock Car: Barrichello fez "mágica" para chegar em 8º com problemas no câmbio
Por:
, Repórter
10 de jun de 2019 22:43

"Apertar a embreagem me fez voltar aos tempos de juventude", disse o piloto, que precisou fazer punta-taco para trocar de marcha em Londrina

Rubens Barrichello teve um fim de semana complicado na etapa de Londrina da Stock Car. O piloto da Full Time sofreu com problemas de câmbio desde sexta-feira e não conseguiu largar na corrida 1. "Cinco minutos" antes da segunda prova no norte do Paraná, sua equipe ainda conseguiu remediar o 'defeito' do carro e Rubinho largou dos boxes. Após "mágica" corrida de recuperação, o vice-líder do campeonato ainda conseguiu terminar em oitavo. "“Foi um dia daqueles", resumiu.

Leia também:

"O problema vinha desde sexta-feira e eu vinha relatando. No engate das marchas no geral. De vez em quando funcionava, de vez em quando não. Então a gente ficou aquém na performance devido a isso e aí todo o processo do domingo ficou estranho, porque não engatava a marcha e não sabíamos exatamente o que fazer. Mas a equipe ainda trabalhou muito bem e soube administrar", comentou Barrichello, com exclusividade ao Motorsport.com Brasil.

O piloto detalhou as dificuldades impostas pelo defeito: "Quando fui para a pista, falei ‘gente, está quebrado, não está funcionando'. Mas quando tirei o pé, engatou a segunda marcha, aí pensei ‘opa, pode ser que tirando o pé ela engate’. Então vi que o carro tava sem o Power Shift. Eu tinha que tirar o pé do acelerador, o que me faz perder um tempão, e aí mudava. Mas para trocar a marcha para baixo, não era só tirar o pé. Eu precisava apertar a embreagem e fazer punta-taco".

"Tinha que tocar no giro certo para a marcha entrar, então foi uma mágica dar tantas voltas desse jeito. Lógica que a estratégia favoreceu porque eu não precisava abastecer [em virtude de não ter disputado a corrida 1], mas fazer 13 pontos numa situação dessas foi muito legal. Eu poderia estar chutando tudo e falando de um fim de semana ruim, mas, numa situação dessa, manter a calma e fazer o que eu fiz nesse fim de semana me deixa muito orgulhoso", relatou Rubinho.

"Eu amo o que faço. E nessas horas faz diferença ter uma experiência a mais. Não adianta eu pegar no pescoço do mecânico, porque todos queriam o meu bem. Todos estavam trabalhando em prol disso".

O piloto de 47 anos (relembre os carros de sua carreira e veja destaques de sua trajetória na galeria especial no fim desta matéria) também disse que o desafio fez com que ele 'voltasse no tempo': "Ter que guiar apertando a embreagem me fez voltar para os meus tempos de Fórmula Ford, meus tempos de juventude. E isso me faz pensar que eu ainda estou jovem e apto para o meu trabalho".

Barrichello ainda 'comemorou' o resultado tendo em vista a briga pelo título: "Ficando sete pontos atrás do Daniel Serra, considerando tudo que aconteceu, e que eu nem sabia se eu ia correr – tive a sorte de entrar e correr -, eu estou super bem. A gente está competitivo".

"Agora é analisar qual foi realmente o meu problema de câmbio durante o fim de semana, porque isso afetou nossa classificação e meu domingo inteiro. Nos treinos livres, o defeito se apresentava, mas não era ‘preto ou branco’. Ele aparecia e sumia. Depois a gente foi ver que era um problema elétrico, mas é muito difícil você identificar e é preciso muita informação do conjunto inteiro para que você busque realmente o que é".

Diante de tantas adversidades, Rubinho fez questão de elogiar o trabalho da Full Time na quarta etapa da Stock Car: "Foi impressionante como a equipe conseguiu me colocar para largar e correr, porque o câmbio não estava funcionando até cinco minutos antes".

Relembre os carros utilizados por Rubinho em sua carreira e confira algumas curiosidades:

Galeria
Lista

1993: Jordan, 18º no campeonato (2 pts). Barrichello esteve na F1 entre 1993 e 2011, com 326 participações e 322 largadas. É o recordista absoluto na história da categoria.

1993: Jordan, 18º no campeonato (2 pts). Barrichello esteve na F1 entre 1993 e 2011, com 326 participações e 322 largadas. É o recordista absoluto na história da categoria.
1/29

Foto de: Tom Haapanen

1994: Jordan, 6º no campeonato (19 pts). Com passagens por Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams, Barrichello conquistou 11 vitórias na carreira - é o 27º na história, empatado com Felipe Massa e Jacques Villeneuve.

1994: Jordan, 6º no campeonato (19 pts). Com passagens por Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams, Barrichello conquistou 11 vitórias na carreira - é o 27º na história, empatado com Felipe Massa e Jacques Villeneuve.
2/29

Foto de: LAT Images

1995: Jordan, 11º no campeonato (11 pts).

1995: Jordan, 11º no campeonato (11 pts).
3/29

Foto de: LAT Images

1996: Jordan, 8º no campeonato (14 pts)

1996: Jordan, 8º no campeonato (14 pts)
4/29

Foto de: LAT Images

1997: Stewart, 13º no campeonato (6 pts)

1997: Stewart, 13º no campeonato (6 pts)
5/29

Foto de: Sutton Motorsport Images

1998: Stewart, 12º no campeonato (4 pts)

1998: Stewart, 12º no campeonato (4 pts)
6/29

Foto de: LAT Images

1999: Stewart, 7º no campeonato (21 pts)

1999: Stewart, 7º no campeonato (21 pts)
7/29

Foto de: LAT Images

2000: Ferrari, 4º no campeonato (62 pts). A primeira vitória na F1 veio na Alemanha, em 2000. Largando de 18º, Barrichello conseguiu a terceira maior recuperação da história da categoria, ficando atrás apenas de John Watson (22º - EUA, 1983) e Bill Vukovich (19º - Indy 500, 1954).

2000: Ferrari, 4º no campeonato (62 pts). A primeira vitória na F1 veio na Alemanha, em 2000. Largando de 18º, Barrichello conseguiu a terceira maior recuperação da história da categoria, ficando atrás apenas de John Watson (22º - EUA, 1983) e Bill Vukovich (19º - Indy 500, 1954).
8/29

Foto de: LAT Images

2001: Ferrari, 3º no campeonato (56 pts)

2001: Ferrari, 3º no campeonato (56 pts)
9/29

Foto de: Ferrari Media Center

2002: Ferrari, vice-campeão (77 pts)

2002: Ferrari, vice-campeão (77 pts)
10/29

Foto de: LAT Images

2003: Ferrari, 4º no campeonato (65 pts)

2003: Ferrari, 4º no campeonato (65 pts)
11/29

Foto de: Ferrari Media Center

2004: Ferrari, vice-campeão (114 pts)

2004: Ferrari, vice-campeão (114 pts)
12/29

Foto de: Bridgestone Corporation

2005: Ferrari, 8º no campeonato (38 pts). O brasileiro foi 68 vezes ao pódio.

2005: Ferrari, 8º no campeonato (38 pts). O brasileiro foi 68 vezes ao pódio.
13/29

Foto de: XPB Images

2006: Honda, 7º no campeonato (30 pts)

2006: Honda, 7º no campeonato (30 pts)
14/29

Foto de: XPB Images

2007: Honda, 20º no campeonato (0 pts)

2007: Honda, 20º no campeonato (0 pts)
15/29

Foto de: XPB Images

2008: Honda, 14º no campeonato (11 pts)

2008: Honda, 14º no campeonato (11 pts)
16/29

Foto de: XPB Images

2009: Brawn, 3º no campeonato (77 pts). Foram 21 poles na F1.

2009: Brawn, 3º no campeonato (77 pts). Foram 21 poles na F1.
17/29

Foto de: XPB Images

A última vitória de Barrichello na F1 foi no GP da Itália de 2009.

A última vitória de Barrichello na F1 foi no GP da Itália de 2009.
18/29

Foto de: XPB Images

Desde então, o Brasil não esteve mais no topo do pódio.

Desde então, o Brasil não esteve mais no topo do pódio.
19/29

Foto de: XPB Images

2010: Williams, 10º no campeonato (47 pts)

2010: Williams, 10º no campeonato (47 pts)
20/29

Foto de: XPB Images

2011: Williams, 17º no campeonato (4 pts)

2011: Williams, 17º no campeonato (4 pts)
21/29

Foto de: XPB Images

2012 (Indy): KV, 12º no campeonato (289 pts)

2012 (Indy): KV, 12º no campeonato (289 pts)
22/29

Foto de: Eric Gilbert

2013 (Stock Car): Full Time, 8º no campeonato (120 pts)

2013 (Stock Car): Full Time, 8º no campeonato (120 pts)
23/29

Foto de: Chris Fabbri / CFR Media - Brazil

2014 (Stock Car): Full Time, campeão (234 pts)

2014 (Stock Car): Full Time, campeão (234 pts)
24/29

2015 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (188 pts)

2015 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (188 pts)
25/29

2016 (Stock Car): Full Time, vice-campeão (295 pts)

2016 (Stock Car): Full Time, vice-campeão (295 pts)
26/29

2017 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (251 pts)

2017 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (251 pts)
27/29

2018 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (242 pts)

2018 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (242 pts)
28/29

2019 (Stock Car): Full Time, 2º no campeonato (118 pts)*

2019 (Stock Car): Full Time, 2º no campeonato (118 pts)*
29/29

Foto de: Duda Bairros

Próximo artigo
Maurício exalta estratégia da equipe após encerrar jejum de vitórias na Stock Car

Artigo anterior

Maurício exalta estratégia da equipe após encerrar jejum de vitórias na Stock Car

Próximo artigo

Após polêmicas, Shell e Ipiranga aprovam novo briefing da Stock

Após polêmicas, Shell e Ipiranga aprovam novo briefing da Stock
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Pilotos Rubens Barrichello
Autor Carlos Costa