Stock Car Goiânia

Stock Car: Feliz por disputar temporada completa, Petecof busca primeiro pódio

Aos 20 anos, piloto competirá pela Full Time Sports nas 12 etapas de 2023

Gianluca Petecof

O ano de 2022 representou uma grande mudança de vida para Gianluca Petecof. Nas temporadas anteriores, o paulista despontou como uma das grandes revelações do automobilismo brasileiro e passou a fazer parte da cobiçada Ferrari Driver Academy.

Leia também:

Depois de grandes performances no kartismo europeu, o piloto subiu para a Fórmula 4 — na Itália e na Alemanha —, venceu corridas e alcançou o ápice em 2020, quando foi campeão da Fórmula Regional Europeia. No ano seguinte, Gianluca chegou a fazer seis corridas na Fórmula 2. Entretanto, faltou ao jovem combustível financeiro para seguir com a carreira rumo à Fórmula 1.

Tudo mudou no ano passado. Graças à aliança entre a Full Time e a Toyota Gazoo Racing, Petecof teve a oportunidade de recomeçar praticamente do zero na Stock Car Pro Series. A transição dos monopostos para os carros fechados foi um desafio e tanto, mas o piloto viveu bons momentos, como o quase-pódio e o quarto lugar na Corrida 2 do GP Galeão. Ao todo, foram sete etapas disputadas, totalizando 13 corridas e muito aprendizado na última temporada.

O trabalho desenvolvido durante boa parte do campeonato lhe rendeu a chance de fazer toda a temporada 2023 da Stock Car e também a oportunidade de ter ao seu lado novamente uma velha parceira.

“Estou muito feliz por poder estar de vez na Stock Car, confirmando um lugar no grid e representando a Full Time e a Toyota por mais um ano. E, mais que tudo, voltando à casa, representando mais uma vez a Shell Racing nas pistas: ela foi uma grande parceira por muitos anos; foi com eles que fiz minha estreia no automobilismo europeu; quando estava na Academia de Pilotos da Ferrari, eles estavam comigo. Então não teria maneira mais especial de confirmar meu lugar na Stock Car do que com eles”, comemorou.

Correndo com gigantes  

Seja no kartismo, na Fórmula 4 ou na Fórmula Regional na Europa, Petecof correu sempre ao lado de colegas de equipe igualmente jovens e no mesmo estágio da carreira. Mas foi tudo diferente para o piloto na Stock Car. Em 2022, Gianluca teve grandes e experientes nomes como companheiros de equipe na Full Time: Rubens Barrichello, Tony Kanaan e Rafael Suzuki. Neste ano, Matías Rossi estará de volta ao time. Toda a bagagem de pilotos mais maduros serve como enorme referência para quem está começando na categoria.

“Tem sido uma experiência muito diferente. Sempre fui muito acostumado a correr com pilotos da minha idade, sempre naquele mesmo estágio de carreira. Ter ao meu lado pilotos que já são consagrados no automobilismo, ídolos do nosso esporte há anos, e também o Matías, um dos principais nomes da história do GT na Argentina... Poder aprender com eles e ver como eles trabalham no dia-a-dia tem um grande valor. Claro que estou focado no meu, quero ganhar deles na pista o tanto que sempre quis ganhar de qualquer outro adversário, mas são ciclos, são etapas e quanto mais puder absorver deles nessa oportunidade que estou tento, mais vou acelerar esse processo de aprendizado e conquistar os resultados mais cedo na Stock Car”, afirmou.

Sobre os objetivos traçados para a temporada que está por vir, Petecof mantém os pés no chão, mas sempre com o foco em chegar longe. “Acho que ainda é cedo para definir metas e números exatos do que espero para 2023. Mas, com certeza, um grande objetivo é o primeiro pódio, que inclusive quase veio na temporada passada, no Galeão. A Stock Car é uma categoria muito competitiva, então vai ser essencial encaixar tudo em um fim de semana para conquistar isso, desde a estratégia, acerto do carro, velocidade, as decisões em pista... Acho que, junto a esse objetivo do primeiro pódio, vai ser a consistência de ser competitivo e de estar brigando na frente. Tudo é consequência de um trabalho, então é focar no nosso desde o começo e, se trabalharmos bem, os resultados virão naturalmente”, concluiu.

A temporada 2023 da Stock Car começa em 2 de abril no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO).

Gianluca Petecof
Idade: 20 anos (14/11/2002)
Nascido em: São Paulo (SP)
Estreia: 13 de fevereiro de 2022, Interlagos (SP)
Número: 101
Corridas: 13
Melhor resultado: 4º lugar (Corrida 2 do GP Galeão)
2022: 30º colocado no campeonato
Equipe: Full Time Sports
Sede: Vinhedo (SP)
Chefe: Maurício Ferreira

Alpine AZUL, Alfa Romeo, McLaren e cia: MELHORES e PIORES pinturas da F1 2023; assista ao DEBATE

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #217 – Como serão as batalhas internas das equipes na F1 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Stock Car: Casagrande se une a rival Serra em Sebring pela Ferrari
Próximo artigo Audace, do grupo detentor da Vicar, adquire departamento de motores da Giaffone Racing

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil