Stock Car Goiânia II

Stock Car: Previsão de calor e desafio para os freios na etapa dupla em Goiânia

Décima etapa acontece no sábado (22) no traçado tradicional de 12 curvas e 3.835 metros; no domingo (23), 11ª etapa no oval de 2.695 metros e três curvas

Stock Car

As disputas no anel externo vieram para ficar na Stock Car Pro Series. Neste fim de semana, em Goiânia (GO), a principal categoria do automobilismo brasileiro vai realizar uma etapa dupla: no sábado (22) os pilotos aceleram pela 10ª etapa da temporada 2022 no traçado misto tradicional, de 3.835 metros.

No domingo (23), será a vez do anel externo, de 2.695 metros, valendo pela 11ª e penúltima etapa da Stock. As equipes terão um desafio e tanto para essa rodada dupla, já que as corridas no Centro-Oeste costumam ser quentes e exigir muito dos freios, já que o traçado tem a reta mais longa do calendário.

Leia também:

Além de pouco tempo para possíveis consertos e acertos dos carros entre as etapas, as equipes também terão um novo desafio. Após o incidente envolvendo três carros e que feriu três integrantes de uma das equipes durante a janela de pit-stop em Santa Cruz do Sul (RS), a categoria fará alterações que foram anunciadas no Regulamento Particular de Prova (RPP).

Entre essas mudanças estão o aumento no número de voltas da janela de paradas obrigatórias e instalação de referências visuais para as equipes liberarem os carros com uma segurança maior. Outras medidas também podem ser anunciadas.

A 10ª e a 11ª etapa da Stock Car serão muito importantes também para os postulantes ao título, já que os descartes na pontuação serão definidos ao final das corridas de domingo, assim todos os competidores chegam para a final em Interlagos, no dia 11 de dezembro, sabendo exatamente o que fazer para conquistar a taça de campeão.

No momento o líder do campeonato é Gabriel Casagrande que soma 257 pontos, com Daniel Serra em segundo com 241 e Rubens Barrichello em terceiro com 238. O argentino Matías Rossi é o quarto com 235. Estes são os quatro pilotos que passaram dos 200 pontos na temporada. Bruno Baptista fecha o top-5 com 190 pontos.

Será a sexta vez que o circuito externo de Goiânia recebe uma etapa da Stock Car. A nova e a décima corridas no traçado acontecerão no domingo. São cinco vencedores diferentes no “oval”: Ingo Hoffmann e Ângelo Giombelli venceram, em dupla, em 1993, Chico Serra venceu duas em 1999, voltando a vencer em 2000.

Hoffmann também venceu uma em 2000. Rubens Barrichello tem uma vitória em 2018 e duas na etapa realizada neste ano – levou todos os pontos possíveis com pole, vitória e melhor volta nas duas provas, a exemplo de Ricardo Maurício, que fez o mesmo em 2021.

“Na pista mista de Goiânia na Stock Car, é muito fácil perder tempo na Curva 2, que traz um ângulo de 90 graus e é bem ondulada", disse Ricardo Zonta, do Toyota Corolla #10. "Você pode ganhar ou perder muito tempo dependendo da linha que se faz, e isso é determinante para ser rápido no trecho do miolo do circuito, que é o segundo setor. É muito importante ter um carro bem equilibrado.”

“No oval é como se fosse só duas curvas; você anda com menos aerodinâmica e com o carro mais ‘leve’ nessa parte, porque não há pressão aerodinâmica. É muito fácil ter o carro sempre escorregando as quatro rodas durante os contornos".

"Na curva 1, que é a curva de quarta marcha, você sente o carro sempre escorregando as quatro ali por causa da menor pressão aerodinâmica e na última curva, o piloto precisa de muita tração para ganhar na reta".

"São as curvas mais importantes e ter um carro bem equilibrado para ganhar de reta. Com menos aerodinâmica é muito mais difícil frear, então você tem que estar com o volante reto na freada para frear o melhor possível. Então, a aproximação para as curvas, pela frenagem, vai ser determinante para um bom tempo de volta”.

O circuito tradicional, de 3.835 metros, tem como principal ponto de frenagem a curva 3, na qual os carros contornam as duas primeiras curvas em alta velocidade e se aproximam para a frenagem a mais de 220 km/h. Na freada, o sistema reduz a velocidade para 90 km/h em apenas 145 metros. Uma redução superior a 120 km/h feita em somente três segundos, o que gera uma desaceleração de 1,5 G.

No traçado do anel externo, de três curvas e 2.695 metros, os freios são acionados nas curvas 1 e 3, e a freada mais forte deste circuito em específico é a da terceira curva, também chamada de Curva Zero ou Curva da Vitória e que leva à reta principal. Nela, os carros se aproximam em velocidades entre 250 e 255 km/h; a frenagem acontece a pouco mais de 200 metros da curva e o piloto permanece freando forte por menos de cinco segundos, reduzindo a velocidade para cerca de 95 km/h. A redução de quase 160 km/h neste curto tempo representa uma desaceleração de 1,6 G.

“O traçado tradicional de Goiânia já é desafiador por ser um dos que mais exigem dos freios", disse André Brezolin, engenheiro de projeto FRAS-LE e FREMAX. "Temperatura é um fator que interfere muito na eficiência do conjunto, especialmente por se tratar de um circuito rápido. Com o circuito do anel externo este desafio fica ainda maior".

"São duas grandes retas, com velocidades finais maiores e frenagens mais intensas, que acabam exigindo ainda mais do sistema. No traçado externo os carros tendem a andar mais próximos uns dos outros nas corridas, o que interfere na refrigeração do freio; isso se torna um desafio não só no conjunto dos freios, mas também para motor e câmbio, que são levados ao extremo pelas altas temperaturas. Goiânia é um circuito que proporciona as situações mais extremas, que mais colocam à prova o sistema de freios: materiais de fricção, discos e pastilhas”.

A FRAS-LE e a FREMAX são as fornecedoras oficiais de pastilhas e discos de freio da categoria, respectivamente, e trabalham em conjunto com as todas as equipes do grid para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência e confiabilidade. A Fremax é a fornecedora dos discos desde 2004 e a Fras-le, desde 2016.

 

10ª Etapa – Stock Car Pro Series 2022: GOIÂNIA (GO)

Autódromo Internacional de GoiâniaCircuito MistoExtensão: 3.835 metrosSentido: horárioCurvas: 12 (7 à direita e 5 à esquerda)

11ª Etapa – Stock Car Pro Series 2022: GOIÂNIA (GO)

Autódromo Internacional de GoiâniaCircuito ExternoExtensão: 2.695 metrosSentido: horárioCurvas: 3 (todas à direita)

Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):

Abrasividade do asfalto: 4Força lateral: 4Nível de exigência dos freios: 4Pneu mais exigido: traseiro esquerdoInauguração: 1974Previsão climática: O sábado tem previsão de máxima de 35°C e mínima de 22°C, com tempestades previstas para a parte da tarde. No domingo, máxima se repete com 35°C e mínima de 21°C, também com chance pancadas de chuva na parte da tarde.

Classificação do Campeonato (top 10):

1. Gabriel Casagrande – 259 pontos2. Daniel Serra – 2413. Rubens Barrichello – 2394. Matías Rossi – 2365. Bruno Baptista – 1926. Ricardo Zonta – 1797. Gaetano di Mauro – 1768. Thiago Camilo – 1659. Ricardo Maurício – 15710. Nelsinho Piquet – 148

Programação em Goiânia:

Sexta-feira, 21 de outubro (circuito misto):09h20 – Stock Car – Shakedown10h45 – Stock Car – Treino Livre 115h10 – Stock Car – Treino Livre 2

Sábado, 22 de outubro (circuito misto):08h30 – Stock Car – Warm Up09h15 – Stock Car – Classificação – 10ª etapa12h00 – Visitação aos boxes (somente para Ingresso Lounge)14h10 – Stock Car – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta) – 10ª etapa14h45 – Stock Car – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta) – 10ª etapa

Domingo, 23 de outubro (anel externo):08h00 – Stock Car – Warm Up09h00 – Stock Car – Classificação – 11ª etapa11h10 – Visitação aos boxes (somente para Ingresso Lounge)13h10 – Stock Car – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta) – 11ª etapa13h45 – Stock Car – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta) – 11ª etapa

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com #200 - F1 virá 'vidraça': é preciso um 'choque de realidade'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Stock Car: Jimenez de olho em novo top 10 na última rodada dupla do ano
Próximo artigo Stock Car: Em Goiânia, Cavaleiro Sports busca pódio que escapou na última etapa

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil