TCR South America: toque no final tira vitória de Aizza e Azcona, mas dupla conquista segundo lugar em Termas de Río Hondo

Corrida tem muita emoção e grande recuperação da dupla. Aizza chega ao seu quinto pódio na temporada e celebra final de semana de grande aprendizado

Pedro Aizza e Mikel Azcona

Um final de semana inesquecível, de muito aprendizado, emoção e mais um pódio para o jovem brasileiro Pedro Aizza na disputa da sexta etapa do TCR South America, neste domingo (28), em Termas de Río Hondo, na Argentina, a segunda do ano no formato endurance e em duplas.

Correndo ao lado do atual líder do mundial (WTCR) e bicampeão europeu da categoria, o espanhol Mikel Azcona, Aizza foi o segundo colocado numa prova de grande recuperação e muita emoção no final. Com 20 carros no grid, os pilotos deram um show.

O editor recomenda:

O brasileiro de 17 anos foi quem largou com o #35 Hyundai Elantra, da Scuderia Chiarelli. Partindo da nona colocação, Aizza manteve bom ritmo e foi à “caça” dos rivais durante o seu stint, entregando o carro para Azcona já na briga entre os top 6.

O experiente espanhol apresentou uma performance impecável e “voou” na pista para encostar nos líderes nos minutos finais. Azcona assumiu a terceira posição e foi em busca do segundo lugar. Numa disputa acirrada, ele acabou levando um toque e foi empurrado para fora da pista.

Mesmo assim, conseguiu voltar e cruzar a linha de chegada em terceiro. O incidente, no entanto, tirou as chances de a dupla vencer a disputa, uma vez que o líder no momento acabou tendo problemas e abandonou.

No final da corrida, o segundo colocado foi punido pelo incidente e desclassificado da etapa por “manobra perigosa”. Aizza e Azcona garantiram o segundo lugar. Foi o quinto pódio do brasileiro na temporada. Ele segue na quinta colocação do campeonato, restando duas etapas para o final.

“Fomos para uma corrida de recuperação. Largamos em nono e fomos recuperando nos stints. Parei mais ou menos da sétima para a sexta posição e fizemos um excelente pit stop, uma grande estratégia e o Mikel já saiu muito rápido e já pulou para quinto”, contou Aizza.

“Ele foi ultrapassando até com uma certa facilidade, porque ele estava realmente muito rápido. Quando a gente já estava em terceiro, brigando pelo segundo lugar e muito próximo do primeiro, houve um toque do segundo colocado em cima do Mikel, tirando a nossa chance de vitória."

"Mesmo assim, ele conseguiu retornar e salvar o pódio”, continuou o brasileiro, que é o mais jovem do grid. “Ele realmente fez uma excelente corrida. Se não fosse o toque, acredito que sairíamos daqui com a vitória, já que o primeiro naquele momento acabou abandonando”, ressaltou.

“Agora é ir pra próxima etapa forte, mas foi um final de semana de muito aprendizado, que vai me ajudar muito nessa reta final”, completou Aizza. Azcona, que fez sua primeira corrida na América do Sul, também lamentou o incidente, mas ficou feliz com a experiência e por fazer a volta mais rápida.

“Foi uma corrida muito boa e muito positiva da equipe Chiarelli e Hyundai Motorsport. Um começo muito bom do Pedro, largando muito bem, se mantendo na pista em boas condições e sendo capaz de manter um ritmo rápido nas primeiras voltas, seguindo o pelotão da frente”, frisou o espanhol.

“O Pedro me entregou o carro na volta 14 e o ritmo era muito bom. Saímos com os pneus novos e me senti muito bem e fui capaz de fazer a volta mais rápida da corrida e o carro estava espetacular. Tivemos uma batalha linda com Lynk & Co e com Honda. Uma pena que quando cheguei no Cupra, que estava em segundo, ele foi muito agressivo e me jogou para fora da pista. Tive a sorte de conseguir voltar e manter a P3, que após à corrida com a punição, virou segundo lugar”, lembrou.

“Estou muito feliz. Foi uma experiencia muita positiva aqui no TCR South America, com o Pedro e a Scuderia Chiarelli”, finalizou Azcona. O TCR South America volta à pista agora para a etapa de Buenos Aires, também na Argentina, nos dias 17 e 18 de setembro.

Confira os melhores em Termas de Río Hondo (top 10):
1. #34 Fabio Casagrande (BRA)/Esteban Guerrieri (ARG) 32 voltas
2. #35 Pedro Aizza (BRA)/Mikel Azcona (ESP) +8s832
3. #7 Fabricio Pezzini (ARG)/Carlos Okulovich (ARG) + 16s104
4. #60 Juan Manuel Casella (URU)/Frederick Balbi (URU) + 17s514
5. #15 Enrique Maglione (URU)/Rodrigo Aramendia (URU) + 38s475
6. #6 Pedro Nunes (BRA)/Marcio Basso (BRA) + 39s635
7. #22 Gabriel Lusquiños (BRA)/Vitor Genz (BRA) + 46s454
8. #87 Franco Farina (ARG)/Guilherme Resichl (BRA)+ 2min19s947
9. #33 Manuel Sapag (ARG) /Santiago Urrutia (URU) + uma volta
10. #10 Adalberto Baptista (BRA)/Sergio Ramalho (BRA) + uma volta

Os 10 primeiros no campeonato, após seis etapas:
1. Fabricio Pezzini (Arg) 401 pontos
2. Juan Angel Rosso (Arg) 329
3. Raphael Reis (Bra) 317
4. Manuel Sapag (Arg) 309
5. Pedro Aizza (Bra) 271
6. Juan Manuel Casella (Uru) 183
7. Alceu Feldmann (Bra) 181
8. Fabio Casagrande (Bra) 161
9. Franco Farina (Arg) 150
10. Enrique Maglioen (Uru) 125

Próximas etapas:
17/18 de Setembro: Buenos Aires (Argentina)
8/9 de Outubro: San Juan (Argentina)

Análise da 'treta' entre Alonso e Hamilton em Spa

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior TCR South America: Com reviravolta intensa no fim, Casagrande e Guerrieri vencem etapa Endurance na Argentina
Próximo artigo TCR South America: Confira a programação da etapa de Buenos Aires

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil