F-Truck ataca Interlagos após troca de corrida por festival

Categoria acusa SPTuris de ceder data à Time for Fun - que também é proprietária da Vicar - para Electric Daisy Carnival

F-Truck ataca Interlagos após troca de corrida por festival
Beto Monteiro em Santa Cruz do Sul
Djalma Fogaça em Santa Cruz do Sul
Wellington Cirino em Santa Cruz do Sul
Leandro Totti em Santa Cruz do Sul
David Muffato
Débora Rodrigues
Paulo Salustiano
Djalma Fogaça
Carregar reprodutor de áudio

A Fórmula Truck não terá mais a etapa de Interlagos fechando o campeonato de 2015. A categoria alegou que a SPTuris, responsável pela administração do autódromo de Interlagos, deu preferência a eventos ligados à Time For Fun (T4F), em detrimento da categoria dos caminhões e ao "automobilismo nacional".

O calendário previa a realização da corrida no dia 6 de dezembro, data que a Truck alega que foi confirmada no fim de 2014. De acordo com os responsáveis pelo campeonato, no início do ano a SPTuris retirou a preferência, informando que o período estava previamente reservado ao Brasileiro de Marcas. A Truck ainda propôs que os eventos fossem realizados em conjunto. Em seguida, porém, o evento ligado à Vicar foi transferido de data, se juntando à Stock Car uma semana depois.

A indignação da Truck aumentou ainda mais quando a data reservada pela Vicar seria utilizada para o Electric Daisy Carnival, festival de música eletrônica produzido pela T4F, que é proprietária da Vicar, organizadora da Stock Car e do Brasileiro de Marcas.

"Sequer nos foi apresentada qualquer justificativa plausível para tal definição e postura. Pelo contrário, notam-se situações totalmente adversas ao automobilismo nacional, em uma praça pública, onde os custos para reforma e manutenção são enormes, e a nosso ver, para somente uma categoria, a toda poderosa Fórmula 1, e agora para festivais de música eletrônica."

"Assim, afasta-se uma categoria automobilística, que depende somente de um autódromo para realizar suas atividades, em prol de um festival de música eletrônica, que tem inúmeros lugares melhores e mais apropriados para sua realização", disse Neusa Navarro, presidente da Fórmula Truck."

Procurada pelo Motorsport.com, a SPTuris afirmou em comunicado que segue a hierarquia de entidades para o agendamento de eventos, começando com a FIA, FIM, CBA, Confederação Brasileira de Motociclismo, Federação de Automobilismo de São Paulo e Federação Paulista de Motociclismo.

O órgão informa que recebeu o pedido de agendamento da T4F para duas datas após o GP Brasil de Fórmula 1 e que coincidia com uma data solicitada da Fórmula Truck. Para decidir sobre a preferência de eventos, a SPTuris informou que consultou a CBA sobre o caso e que a entidade teria escolhido a Vicar. Ainda segundo o órgão ligado à prefeitura de São Paulo, a Truck não recebeu a confirmação da data e também foram oferecidas outras à direção da categoria, mas que não foram da preferência de sua direção.

Segundo Waldner Bernardo, presidente da Comissão Nacional de Velocidade da CBA,  não é a Confederação que cuida das datas dos eventos em Interlagos, mas sim a SPTuris:

"A CBA não tem conhecimento de nenhum acordo entre Vicar e SPTuris para que ocorra a exclusão da Truck. Eu pessoalmente tentei costurar um acordo entre a Truck e a Vicar, para que as categorias corressem juntas nesta data, já que ambas tem um patrocínio em comum. Reiteramos que não é a CBA que cuida das datas e dos contratos de locação de Interlagos e sim a SPTuris."

O Motorsport.com também procurou a Vicar, mas a empresa declarou que não falaria a respeito.

compartilhar
comentários
Salustiano domina fim de semana em Santa Cruz do Sul e fica perto da liderança
Artigo anterior

Salustiano domina fim de semana em Santa Cruz do Sul e fica perto da liderança

Próximo artigo

Leandro Totti leva a melhor em Curitiba

Leandro Totti leva a melhor em Curitiba
Carregar comentários