Fórmula 1
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado
Fórmula E
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
32 dias
NASCAR Cup
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado
Stock Car Brasil
22 nov
-
24 nov
Evento encerrado
13 dez
-
15 dez
Evento encerrado
MotoGP
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Brabham planeja entrada no WEC na temporada 2021/2022

compartilhar
comentários
Brabham planeja entrada no WEC na temporada 2021/2022
Por:
10 de jan de 2019 12:43

A Brabham planeja estar no grid das 24 Horas de Le Mans em 2022 como parte de um projeto que envolve a entrada no WEC.

A Brabham Automotive, sediada na Austrália e que foi fundada em maio de 2009, sob a liderança de David Brabham, tem objetivo de estar no WEC na classe GTE Pro para a temporada de 2021/2022.

O carro terá como base um novo modelo esportivo de rua que terá raízes no BT62, lançado em maio do ano passado, 26 anos após o fim da equipe Brabham na F1.

Brabham, ex-piloto da F1 e vencedor em Le Mans, disse ao Motorsport.com: “É importante que retornemos às corridas, porque está em nosso DNA.”

“Dissemos a todos em nosso lançamento, em maio, que queríamos correr e que a meta final era estar em Le Mans.”

“Houve muitas especulações sobre como faríamos isso, então queremos confirmar a direção em que estamos indo – e é o GTE na temporada de 2021/2022.”

David, que é filho de Jack Brabham, co-fundador da marca, explicou que o carro seria desenvolvido com base no próximo modelo de produção da empresa.

“Eu estaria errado em dizer que será um carro totalmente novo. Será o desenvolvimento do que temos agora, um carro que construímos com as corridas de endurance em mente, mas o que será exatamente e como será chamado virão à tona em uma data futura.”

Pierre Fillon, presidente da empresa promotora do WEC e organizador das 24 Horas de Le Mans, deu as boas vindas ao anúncio da Brabham.

Ele relembrou a conexão da família com Le Mans, o que inclui a vitória de Jack no único GP da França realizado no local, em 1967, e a vitória de Geoff Brabham em 1993, com a Peugeot.

“Para a ACO [Automobile Club de l’Ouest], o retorno do nome Brabham ao endurance é muito mais do que simbólico”, disse. “Isso demonstra uma lealdade notável e um espírito competitivo extraordinário.”

Brabham indicou que seu filho Sam e Matthew Brabham, filho de Geoff, estariam na lista de potenciais pilotos.

Próximo artigo
Time de Zak Brown fará temporada completa do WEC em 2019/2020

Artigo anterior

Time de Zak Brown fará temporada completa do WEC em 2019/2020

Próximo artigo

Rebellion confirma chegada de Berthon em seu programa na LMP1

Rebellion confirma chegada de Berthon em seu programa na LMP1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos David Brabham
Autor Gary Watkins