Leclerc quer pilotar hipercarro da Ferrari nas 24 Horas de Le Mans

Seu novo companheiro de equipe, Carlos Sainz, também falou sobre a possibilidade

Leclerc quer pilotar hipercarro da Ferrari nas 24 Horas de Le Mans

Piloto monegasco da Ferrari na Fórmula 1Charles Leclerc disse que adoraria correr as 24 Horas de Le Mans com a equipe italiana se uma oportunidade surgisse com o programa de hipercarro recém-lançado pelo time de Maranello.

A Ferrari anunciou na quarta-feira que retornaria à categoria rainha das corridas de carros esportivos em 2023 com uma entrada na classe Le Mans Hypercar do Campeonato Mundial de Endurance (WEC).

O editor recomenda:

Assim, o programa levará a Ferrari a embarcar em sua primeira campanha de protótipo de fábrica em nível de campeonato mundial desde 1973, tendo vencido Le Mans pela última vez em 1965.

Leclerc participou do evento virtual de Le Mans, organizado pela Motorsport Games, no ano passado, e disse depois que estava ansioso para participar de um evento 'real' da prova em algum dia.

Agora, em entrevista durante o lançamento da equipe Ferrari para a F1 2021, Leclerc disse que, embora seu foco esteja na F1, ele gostaria de ter a chance de correr com a equipe em Le Mans no futuro.

“Eu amo Le Mans, sempre fui um fã de Le Mans”, disse Leclerc. “Se surgir a oportunidade, ficarei muito feliz em participar. No momento, meu foco principal é a Fórmula 1. Mas, novamente, se houver uma oportunidade, por que não?”.

Companheiro de equipe de Leclerc, o espanhol Carlos Sainz Jr foi mais 'frio' em relação à possibilidade de correr em Le Mans no futuro, mas chamou o programa Hypercar de um “projeto muito interessante”.

“É ótimo que uma marca como a Ferrari queira tentar novamente Le Mans, serei o principal apoiador e principal fã”, disse Sainz. "Mas, em termos de direção, acho que temos muito trabalho a fazer aqui na Ferrari e meu foco total está na Scuderia Ferrari de Fórmula 1".

"No momento, outros projetos não estão em minha mente direta. Vou acompanhar de perto, mas é algo que ainda está um pouco longe", explicou o espanhol, que substitui o alemão Sebastian Vettel na Ferrari.

A expansão da marca nas corridas de protótipos vem após uma avaliação de várias atividades de automobilismo, o que também significa que houve a possibilidade de envolvimento na IndyCar.

De todo modo, o chefe de equipe da Ferrari na F1, Mattia Binotto, negou que a decisão de entrar na LMH foi resultado do limite de orçamento que foi introduzido para a temporada 2021 da categoria máxima.

“Não, não é uma consequência dos regulamentos financeiros”, disse Binotto. "O programa foi avaliado do ponto de vista da empresa [para ser] de interesse e decidimos como a Ferrari se envolveria".

Binotto também disse que estaria aberto a 'emprestar' qualquer experiência sempre que possível. “Eu estarei no comando? Acho que devemos entender que a Ferrari é uma empresa única - não importa quem está no comando e quem é o responsável ”, disse Binotto.

“Mas não, eu não estarei diretamente no comando. Estamos, como Ferrari, totalmente focados no programa de F1. Mas sem dúvida, se pudermos apoiar de alguma forma com know-how, expertise, faremos isso porque somos uma empresa única", completou.

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

EXCLUSIVO: BAND fecha com COMENTARISTAS da F1 e STOCK; VEJA os nomes

PODCAST: Corridas aos sábados e tetos: revolução imposta pela Liberty pode tirar DNA da F1?

 

.

 

compartilhar
comentários
WEC: Ferrari anuncia retorno a Le Mans em 2023 com hipercarro; confira

Artigo anterior

WEC: Ferrari anuncia retorno a Le Mans em 2023 com hipercarro; confira

Próximo artigo

24 Horas de Le Mans de 2021 é adiada para agosto por conta da pandemia

24 Horas de Le Mans de 2021 é adiada para agosto por conta da pandemia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , WEC
Autor Luke Smith