Entrevista
Dakar Dakar

Barreda diz que aposentadoria de Coma não o faz favorito

Espanhol de 32 anos da Honda evita rótulo de principal força com ausência de Marc Coma e Cyril Despres na motos

#2 Honda: Joan Barreda
#2 Honda: Joan Barreda
#2 Honda: Joan Barreda
#2 Honda: Joan Barreda
#2 Honda: Joan Barreda
Joan Barreda, Honda
Joan Barreda, Honda with Marc Coma
Joan Barreda, Honda

Com Marc Coma se tornando diretor-esportivo do Rally Dakar e Cyril Despres fazendo a competição pela categoria carros, o espanhol Joan Barreda é tido por muitos como o favorito da edição de 2016 nas motos.

O fato é que na categoria motos neste ano terá um novo campeão, e Barreda – que venceu a maior parte dos estágios no rally do ano passado – quer provar que pode conquistar a coroa.

"Eu entendo porque as pessoas estão me rotulando de favorito, sendo o piloto que mais ganhou estágios nas últimas edições do Dakar", disse Barreda ao MOTORSPORT.COM.

"Mas esta pressão está sempre lá em todas as corridas. Só porque Marc e Cyril não estão aqui, não quer dizer que os outros pilotos não irão tornar a minha vida mais difícil.”

"Os nossos rivais têm se preparado muito para ganhar o rally. Nosso objetivo é mostrar que somos melhores"

Barreda tem a chance de se tornar o primeiro piloto da Honda a vencer o Rally Dakar desde Gilles Lalay em 1989. Porém, o espanhol acredita que a rota deste ano possa ser ruim para seu estilo de pilotagem.

"Eu não acho que a rota deste ano me favorece", admitiu.

"Embora haja menos dunas, os organizadores colocaram mais desafios de navegação. Eles têm feito um grande trabalho e nós vamos ter que descobrir tudo passo a passo."

Paralelamente, uma lesão no joelho sofrida em maio do ano passado fez uma cirurgia ser necessária. Barreda ficou fora de ação por três meses. Ele avalia que isso não prejudica suas chances.

"Mantivemos as mesmas condições de preparação do passado, mas um pouco diferentes neste ano. Tive uma lesão que me impediu de treinar na bicicleta", explicou o piloto de 32 anos de idade.

"Em vez disso, eu pude reforçar minha parte psicológica. Então, acho que, nesse sentido, estou mais bem preparado do que no ano passado."

Entrevista por Luis Ramirez

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Prólogo do Dakar é cancelado após carro atropelar público
Próximo artigo Dakar encurta 2ª especial por precaução contra mau tempo

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil