Alonso mantém pés no chão sobre volta à F1: "Ser campeão é um objetivo difícil"

Bicampeão disse que objetivo é de se divertir, mas que não vai abandonar desejo de ser competitivo novamente

Alonso mantém pés no chão sobre volta à F1: "Ser campeão é um objetivo difícil"

Fernando Alonso está de volta à Fórmula 1 depois de dois anos fora e o retorno do espanhol era cercado de expectativas, principalmente com o que o bicampeão poderia buscar após a mudança no regulamento técnico de 2022. Mas Alonso está mantendo os pés no chão, admitindo que a busca por um terceiro título é um objetivo difícil de ser cumprido, abordando essa volta sem metas claras.

Logo em sua primeira classificação com a Alpine, Alonso surpreendeu, chegando ao Q3 e conquistando o nono lugar no grid de largada, enquanto seu companheiro, Esteban Ocon, caiu ainda no Q1, saindo de 16º.

Leia também:

Na corrida, Alonso protagonizou boas disputas e estava a caminho de uma posição na zona de pontos, mas acabou tendo que abandonar quando uma embalagem de sanduíche presa em seu duto de freio acabou superaquecendo o sistema. Apesar do resultado, o espanhol disse que ficou feliz com seu retorno, apesar de ainda não estar 100% acostumado com o novo carro.

Enquanto Alonso trata 2021 como um ano de adaptação, já que a Alpine não seria capaz de evoluir devido ao regulamento congelado, ele vê 2022 como uma grande oportunidade de brigar por posições mais acima no grid, e muitos se perguntam sobre o que podemos esperar do espanhol nessa nova fase, se conseguiria lutar novamente por títulos.

Mas Alonso já passa a tratar essa nova era com pés no chão, recordando que, para ser campeão, um piloto depende de diversas variáveis e, com isso, volta com o objetivo de se divertir.

"Todos queremos ganhar, mas apenas um pode vencer e, no final do ano, apenas um pode ser campeão", disse Alonso à Sky Sports F1. "É um objetivo difícil. A F1 e o esporte em geral, não é uma matemática exata para que você possa planejar o que pode acontecer. O negócio é simplesmente fazer com que esse trajeto seja o mais divertido possível".

Mas, para Alonso, isso não significa que ele vai simplesmente abandonar tudo, afirmando que seguirá sendo o mais competitivo possível.

"Ao mesmo tempo, você trabalha duro para conseguir os resultados e cumprir os sonhos que têm na cabeça. Tento fazer que com que essa volta seja uma boa tentativa de ganhar corridas, ser o mais competitivo possível, mas sem um objetivo claro ou tempo limite para conquistar coisas".

F1: Nova ORDEM de forças? Veja análise DETALHADA sobre como Mercedes pode PERDER briga para Red Bull

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Batalhas entre Hamilton e Verstappen ditarão temporada 2021 da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Honda diz que novo motor impulsionou aerodinâmica da Red Bull

Artigo anterior

F1: Honda diz que novo motor impulsionou aerodinâmica da Red Bull

Próximo artigo

F1: Marko diz que Verstappen foi "claramente prejudicado" por problema no diferencial no Bahrein

F1: Marko diz que Verstappen foi "claramente prejudicado" por problema no diferencial no Bahrein
Carregar comentários