Análise técnica: Conheça o 'truque' da McLaren para lidar com os limites do difusor

A equipe britânica fez questão de esconder o jogo durante o lançamento para evitar possíveis cópias das rivais antes da pré-temporada

Análise técnica: Conheça o 'truque' da McLaren para lidar com os limites do difusor

As novas regras aerodinâmicas da Fórmula 1, com o objetivo de reduzir o downforce, têm sido um grande desafio para as equipes nesta pré-temporada, já que tiveram que atacar com tudo para buscar recuperar as perdas.

Mas apesar do foco de muitas equipes tenha sido a área do assoalho, e algumas ideias interessantes já tenham surgido, a McLaren parece ter dado um salto sobre a concorrência com uma solução inovadora no difusor.

Leia também:

O pacote de mudanças no regulamento de 2021 veio em três áreas, envolvendo obrigatoriedades para o assoalho, os dutos de freio e o difusor.

Para o difusor, que é uma ferramenta poderosa para aproveitar o fluxo de ar sob o carro para aumentar o downforce, a FIA determinou que a altura das travessas divisórias entre seus canais sejam agora 50mm mais curta.

Embora a regra pareça ser bastante direta, houve suspeitas sobre a possibilidade da McLaren ter encontrado uma solução inteligente para as novas regras quando essa seção não tão secreta do carro foi revelada pela primeira vez.

A equipe tomou um cuidado especial com as imagens liberadas do seu lançamento e do "dia de filmagem" feito em Silverstone, que não exibiam nenhuma das partes importantes da traseira do carro.

Mas com as equipes forçadas a revelarem seus conceitos definitivos de 2021 na pré-temporada do Bahrein, descobriu-se que a McLaren fez de fato algo único com seu difusor. Parece ter empregado um truque muito bom que permite ter duas barras abaixo da linha de corte teórica que foi criada para reduzir sua altura no novo regulamento.

O 'truque' é que os aerodinamicistas estenderam a transição do assoalho para trás para criar essas barras menores do que deveria ser possível (seta branca). Essas barras internas mais altas, em seguida, extrudam gradualmente para cima e para fora, conforme o teto do difusor se expande.

McLaren MCL35 diffuser detail

McLaren MCL35 diffuser detail

Photo by: Giorgio Piola

A expansão da área de transição do assoalho fica ainda mais clara quando comparamos ao design usado pela equipe na última temporada da F1 (veja acima).

Red Bull Racing RB16B rear detail

Red Bull Racing RB16B rear detail

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Também está em contraste com as soluções vistas em outras equipes, onde a profundidade da barra é uniforme ao longo do difusor, como pode ser visto na Red Bull. A ideia da McLaren é aquela que quase certamente será avaliada por outras equipes, para entender se há um ganho de performance nisso.

Mas com apenas dois dias restantes de pré-temporada, e menos de duas semanas para o primeiro GP, é improvável que os rivais consigam copiar o conceito. Portanto, pode levar algum tempo para que surja algo do tipo, caso seja considerado um benefício.

PRÉ-TEMPORADA F1: Verstappen, Mercedes e por que Band bateu Globo

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

compartilhar
comentários
Análise técnica: As novidades dos carros da F1 2021 no Bahrein

Artigo anterior

Análise técnica: As novidades dos carros da F1 2021 no Bahrein

Próximo artigo

F1: Bottas voa na hora final e termina como o mais rápido do sábado no Bahrein

F1: Bottas voa na hora final e termina como o mais rápido do sábado no Bahrein
Carregar comentários