F1: Bottas voa na hora final e termina como o mais rápido do sábado no Bahrein

Enquanto Hamilton teve problemas com a Mercedes pela manhã, o finlandês foi melhorando sua performance ao longo da tarde, terminando em primeiro

F1: Bottas voa na hora final e termina como o mais rápido do sábado no Bahrein

O segundo dia da pré-temporada de 2021 da Fórmula 1 no Bahrein chegou ao fim neste sábado (13) sem as condições adversas de ontem, como a tempestade de areia. Mas na pista, diversos incidentes e uma troca intensa de pilotos pelo topo da tabela de voltas mais rápidas. No final, Valtteri Bottas tratou de por um fim aos questionamentos sobre a condição da Mercedes e terminou como o mais rápido do dia.

Enquanto Fernando Alonso, Antonio Giovinazzi, Sergio Pérez e Nicholas Latifi foram mantidos da manhã para a tarde, as outras seis equipes tiveram trocas de pilotos. Com isso, o grid foi completado por Valtter Bottas, Charles Leclerc, Mick Schumacher, Lando Norris, Pierre Gasly e Lance Stroll.

Leia também:

Levou cerca de dez minutos para que os pilotos saíssem à pista, e Leclerc, Gasly e Stroll abriram os trabalhos da tarde, seguidos logo na sequência por Schumacher, que buscava uma sessão mais produtiva que a de ontem, quando deu poucas voltas por problemas no câmbio de seu carro.

Os problemas com os carros começaram a partir do final da primeira hora, com Norris andando muito lento pela pista e com seu carro soltando muitas faíscas, mas o britânico conseguiu levar sua MCL35M de volta aos boxes.

Na marca de uma hora, Bottas completou sua primeira volta rápida do dia, mas não sem problemas, quase perdendo o controle do carro na curva 11. Seu 01min36s105 foi suficiente para ocupar a 12ª posição no momento.

Próximo da marca de duas horas, Gasly e Latifi protagonizaram uma mini disputa por posição na pista, com o francês tentando ultrapassar o piloto da Williams na curva final e na reta principal com a ajuda do DRS.

 

Pouco depois, Giovinazzi foi o primeiro piloto do dia a completar 100 voltas no Bahrein, e chegou à marca com estilo: marcando o melhor tempo do dia até então: 01min31s533 com os pneus C4. Mas sua presença na ponta durou apenas um minuto, com Norris entregando 01min31s239 com os três melhores setores da pista.

Com 02h40min de sessão percorridas, a bandeira vermelha foi acionada por conta de um grande número de detritos na pista. Posteriormente, as imagens da transmissão mostraram que a cobertura do motor de Pérez acabou saindo do carro quando ele teve um encontro com Latifi na reta principal.

O mexicano tentou ultrapassar o piloto da Williams usando o vácuo, mas o fluxo de ar acabou entrando por baixo da cobertura do motor, arrancando a parte da carenagem da Red Bull. A sessão ficou parada por poucos minutos e logo na sequência tivemos uma sequência de voltas rápidas de Giovinazzi, Norris e Gasly, enquanto Bottas começava a melhorar seus tempos.

 

Com três horas de sessão, os melhores tempos do dia começavam a ser também os melhores da pré-temporada até então, superando a marca de Max Verstappen obtida na tarde de sexta. Neste momento, Latifi ainda perdeu o controle da Williams no final da reta e acabou rodando próximo de Leclerc, sem maiores problemas para ambos.

 

A 20 minutos do fim da sessão, Valtteri Bottas, usando o C5, modelo mais macio da Pirelli, entregou a melhor volta do dia e da pré-temporada: 01min30s289, um tempo que pode botar fim aos questionamentos sobre as condições da Mercedes para este ano.

Os minutos finais do dia ainda foram marcados por um incidente no box da Haas. Mick Schumacher entrou para um rápido pit stop e recebeu a ordem de que poderia sair, mais um dos mecânicos ainda não havia terminado o trabalho e o alemão quase saiu com o mecânico junto.

Assim como na manhã, a bandeira vermelha foi acionada a cinco minutos do fim da sessão para um teste do sistema da direção de prova.

No final, o 01min30s289 de Bottas não foi superado por nenhum dos outros pilotos e o finlandês terminou como o mais rápido do sábado e o mais rápido da pré-temporada até aqui. Completando o Top 5, Gasly com 01min30s413, Stroll, 01min30s460, Norris, 01min30s586 e Giovinazzi, com 01min30s760.

A Fórmula 1 volta à pista do Bahrein no domingo, com o último dia da pré-temporada 2021. As sessões serão realizadas das 04h às 08h e das 09h às 13h, sempre no horário de Brasília. No Brasil, o único modo de acompanhar a transmissão é através da F1TV, enquanto no Motorsport.com você acompanha os relatos de cada sessão, as principais notícias do Bahrein e vídeos em nosso canal do YouTube com análises do que acontece na pista.

Confira a tabela de tempos do sábado no Bahrein e as voltas completadas:

1. Bottas, Mercedes, 1m30.289s
2. Gasly, AlphaTauri, 1m30.413s
3. Stroll, Aston Martin, 1m30.460s
4. Norris, McLaren, 1m30.586s
5. Giovinazzi, Alfa Romeo, 1m30.760s
6. Leclerc, Ferrari, 1m30.886s
7. Latifi, Williams, 1m31.672s
8. Perez, Red Bull, 1m31.682s
9. Ricciardo, McLaren, 1m32.215s 
10. Alonso, Alpine, 1m32.339s 
11. Tsunoda, AlphaTauri, 1m32.684s
12. Schumacher, Haas, 1m32.883s
13. Sainz, Ferrari, 1m33.072s 
14. Mazepin, Haas, 1m33.101s 
15. Hamilton, Mercedes, 1m33.399s 
16. Vettel, Aston Martin, 1m38.849s 

PRÉ-TEMPORADA F1: Verstappen, Mercedes e por que Band bateu Globo

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

compartilhar
comentários
Análise técnica: Conheça o 'truque' da McLaren para lidar com os limites do difusor

Artigo anterior

Análise técnica: Conheça o 'truque' da McLaren para lidar com os limites do difusor

Próximo artigo

F1: Hamilton não se preocupa com quilometragem baixa da Mercedes na pré-temporada

F1: Hamilton não se preocupa com quilometragem baixa da Mercedes na pré-temporada
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Guilherme Longo