Após igualar Senna, Vettel dedica triunfo à memória de Bianchi

Alemão consegue grande largada e tem dia tranquilo com sua Ferrari em corrida bem movimentada na Hungria

Após igualar Senna, Vettel dedica triunfo à memória de Bianchi
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari
Daniil Kvyat, Red Bull Racing, Sebastian Vettel, Ferrari e Daniel Ricciardo, Red Bull Racing
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari
Carregar reprodutor de áudio

Sebastian Vettel conseguiu sua segunda vitória nesta temporada neste domingo em Budapeste, na Hungria. O piloto da Ferrari fez uma ótima largada e se colocou na ponta após superar Lewis Hamilton e Nico Rosberg por fora na primeira curva.

Em seguida ele administrou bem sua vantagem. Primeiro à frente de Raikkonen e depois à frente de Nico Rosberg, até que o alemão se tocasse com Daniel Ricciardo. Após isso, Vettel não teve ninguém nos retrovisores até que passasse na linha de chegada em primeiro pela 41ª vez na Fórmula 1, igualando o recorde de vitória de Ayrton Senna aos 28 anos e com 12 largadas a menos que Senna.

“Foi um dia incrível”, iniciou Sebastian no pódio.

“No meu modo de ver não precisávamos de um Safety Car após o acidente de Hulkenberg, mas obviamente isso fez as coisas se tornarem mais interessantes no final. Tivemos uma grande largada e foi crucial conseguir a liderança rápido. O carro estava difícil, mas ótimo de se guiar.”

“Foi uma grande corrida, mostramos grande ritmo. Agradeço muito à equipe, pela recuperação desde sexta-feira. Apesar do Safety Car, conseguimos vencer."

O alemão disse que irá caprichar na comemoração, assim como em sua primeira vitória neste ano, na Malásia. “Ainda lembro o que aconteceu na Malásia depois da corrida à noite. Vai ser parecido, vai ser legal. Agradeço aos fãs com bandeiras da Alemanha que me deram forças aqui hoje."

Vettel também dedicou seu triunfo a Jules Bianchi, morto na última sexta-feira após passar nove meses em coma em decorrência de um acidente no GP do Japão de 2014.

“Mas essa vitória é para o Jules. Sabemos que foi uma semana incrivelmente difícil para todos nós. E todos na equipe, todos os funcionários e todos os torcedores sabiam que cedo ou tarde ele estaria na Ferrari e seria parte de nossa família. Por isso, essa vitória é para ele.”

compartilhar
comentários
Com grande largada, Vettel iguala 41 vitórias de Senna na Hungria
Artigo anterior

Com grande largada, Vettel iguala 41 vitórias de Senna na Hungria

Próximo artigo

Ricciardo crê que vencer seria possível sem acidente com Rosberg

Ricciardo crê que vencer seria possível sem acidente com Rosberg