Após problemas, Renault leva “grande solução” para Austrália

compartilhar
comentários
Após problemas, Renault leva “grande solução” para Austrália
Por:

Enfrentando algumas questões na pré-temporada, fábrica francesa terá unidades revisadas na Austrália

Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team, Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12
Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso STR12
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17

Depois de sofrer com problemas no MGU-K com Red Bull, Toro Rosso e Renault durante as duas semanas de testes em Barcelona, a Renault levou para a Austrália suas unidades com uma nova solução.

A Renault já havia identificado o problema durante os testes no dinamômetro, mas teve que esperar antes que pudesse implementar a solução. Piloto da equipe, Jolyon Palmer disse que a solução foi levada a Melbourne.

"Sim, estou muito confiante", disse ele ao Motorsport.com. "Eles fizeram algumas grandes mudanças.”

"Foi um problema descoberto no dinamômetro com o MGU-K. Era pior do que eles esperavam.”

"Temos grande solução para esta prova."

Sainz: Toro Rosso 'atrás' do alvo

Os problemas da Renault fizeram com que a Toro Rosso acumulasse a segunda menor quilometragem nos testes de Barcelona, ​​com apenas a McLaren-Honda registrando menos voltas.

Carlos Sainz admitiu que "não é segredo que estamos provavelmente um pouco atrás do que gostaríamos", mas disse acreditar na Renault.

"No final você não pode chegar a uma corrida pensando que você não vai terminar ou vai quebrar", disse ele quando perguntado pela Autosport se tinha preocupações.

"Os primeiros que querem provar que estão fazendo um bom trabalho são os caras da Renault, então eu tenho certeza de que eles estão colocando todos os seus esforços para resolver os pequenos problemas que tivemos nos testes.”

"Tenho confiança neles e mesmo que esta primeira corrida não vá como o plano, não haverá pânico. Temos 20 corridas.”

"Eu acredito que a potência que tivemos no primeiro teste foi maior do que a que tive no ano passado, então já é uma boa notícia."

Promotor de GP ironiza volta a Adelaide: “vai sonhando”

Artigo anterior

Promotor de GP ironiza volta a Adelaide: “vai sonhando”

Próximo artigo

Pirelli: Degradação de pneus mantém estratégia viva

Pirelli: Degradação de pneus mantém estratégia viva
Carregar comentários