Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
28 dias
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
42 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
84 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
91 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
105 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
112 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
126 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
140 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
147 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
161 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
175 dias

Senna e a chuva: veja todas as vitórias do tricampeão no molhado

compartilhar
comentários
Senna e a chuva: veja todas as vitórias do tricampeão no molhado
Por:
, Editor Geral
21 de abr de 2020 17:16

Das 41 vitórias de Senna na F1, 13 foram em corridas onde a chuva foi um fator presente

Em um dia como hoje, há 35 anos, Ayrton Senna venceu sua primeira corrida na Fórmula 1, um dia depois de ter conquistado sua primeira pole. Foi uma corrida com condições adversas, segundo alguns, piores que aquelas que levaram ao fim antecipado do GP de Mônaco do ano anterior, em 1984, quando Senna poderia ter vencido.

Segundo as estatísticas, entre 1984 e 1994, as temporadas disputadas total ou parcialmente por Senna, em pelo menos 21 provas, a chuva esteve presente. Destas, em 13 ele conquistou a vitória, em outras ele chegou a liderar, mas por diversas razões não venceu.

Leia também:

Sem dúvida, algumas delas estão entre as maiores demonstrações de habilidades na história da Fórmula 1. Senna sabia controlar a pista molhada como poucos, e isso levou ao seu primeiro pódio (Mônaco 1984), sua primeira vitória e primeiro Grand Chelem (Portugal 1985) e seu primeiro título mundial (Japão 1988). Estes são seus episódios triunfantes na chuva.

Na primeira galeria, você confere as vitórias de Senna na chuva:

Galeria
Lista

GP de Portugal 1985

GP de Portugal 1985
1/13

Foto de: LAT Images

Segundo o próprio Senna, esta foi sua melhor vitória na chuva devido às condições difíceis. Ao contrário de Donington 1993, em 1985 ele não tinha controle de tração, então cometer um erro (e ele cometeu, mas superou) era muito mais fácil.

GP da Bélgica 1985

GP da Bélgica 1985
2/13

Foto de: Sutton Motorsport Images

Outra vitória dominante para Senna, desta vez com as condições mudando ao longo da corrida, após assumir a liderança ao ultrapassar Prost no início. Como visto na foto, Senna sabia como levar sua Lotus com manobras na pista molhada, sem se apressar em trocar os pneus.

GP da Grã-Bretanha 1988

GP da Grã-Bretanha 1988
3/13

Foto de: Sutton Motorsport Images

Depois de ultrapassar a Ferrari de Gerhard Berger, Senna desapareceu no horizonte de seus rivais em um dia em que o líder do mundial, seu companheiro de equipe Alain Prost, abandonou, reclamando que sua McLaren estava imprevisível nestas condições

GP da Alemanha 1988

GP da Alemanha 1988
4/13

Foto de: XPB Images

Senna venceu após largar a pole no antigo circuito de Hockenheim, liderando do início ao fim, enquanto Prost lutou pelo segundo lugar contra Gerhard Berger. Foi sua segunda vitória consecutiva na chuva daquele ano.

GP do Japão 1988

GP do Japão 1988
5/13

Foto de: Sutton Motorsport Images

A chuva foi uma aliada de Senna no caminho para o seu primeiro mundial e o impulsionou em sua recuperação após problemas na largada em Suzuka

GP da Bélgica 1989

GP da Bélgica 1989
6/13

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Largando da pole, Senna liderou do início ao fim e a única coisa que lhe escapou foi a volta mais rápida, que ficou com Prost. Após a prova, ele falou que teve uma pilotagem muito controlada, sem forçar mais do que o necessário

GP do Canadá 1990

GP do Canadá 1990
7/13

Foto de: Sutton Motorsport Images

Embora a foto mostre Senna à frente, na verdade foi Gerhard Berger que terminou em primeiro. Porém, Berger recebeu uma punição de um minuto pelas ultrapassagens feitas no início da prova, dando a Senna uma vitória inesperada

GP do Brasil 1991

GP do Brasil 1991
8/13

Foto de: Sutton Motorsport Images

Após anos de espera, a primeira vitória de Senna em casa veio com chuva no final, o que lhe permitiu controlar um problema na caixa de câmbio, que estava emperrada na sexta marcha. Seu melhor momento em Interlagos

GP de San Marino 1991

GP de San Marino 1991
9/13

Foto de: LAT Images

Embora tenha perdido a liderança para Riccardo Patrese no começo molhado, Senna aproveitou um problema elétrico na Williams do italiano para ultrapassá-lo. Porém, o brasileiro correu com seus próprios dramas. Não a chuva, mas um alerta de pressão de óleo que o forçou a manter um ritmo mais controlado. Somente ele e Berger completaram todas as voltas naquele dia.

GP da Austrália 1991

GP da Austrália 1991
10/13

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna chegou ao final da temporada, na Austrália, com seu terceiro título no bolso, naquela que seria a corrida mais curta da história da Fórmula 1. Na volta 16, ela chegou ao fim devido à uma bandeira vermelha, acionada pelas condições, enquanto Nigel Mansell o pressionava

GP do Brasil 1993

GP do Brasil 1993
11/13

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna voltou a vencer em Interlagos dois anos depois, novamente em meio à chuva, quando ele claramente não tinha a mesma Williams do ano anterior. A intervenção do Safety Car e uma parada uma volta antes de Hill para colocar pneus de pista seca, dariam a ele as condições para ultrapassar o Williams e disparar na frente para a vitória.

GP da Europa 1993

GP da Europa 1993
12/13

Foto de: LAT Images

Para muitos, a melhor primeira volta da história da Fórmula 1, um momento histórico para a categoria. Além disso, as decisões corretas de Senna na troca de pneus ajudaram o brasileiro a vencer com quase uma volta de vantagem para Damon Hill

GP do Japão 1993

GP do Japão 1993
13/13

Foto de: LAT Images

Senna ultrapassou Prost pela liderança no início, mas desistiu dela quando parou nos boxes, mas, quando começou a chover, ele acabou com a diferença para o francês, mesmo tendo problemas com os pneus slick. Ao colocar os pneus de chuva, Senna assumiu o controle da corrida.

As corridas com chuva que Senna não venceu

Mas nem todas as corridas que Senna venceu com chuva estavam com condições tão complicadas quanto a de Estoril em 1985. Outras tiveram apenas uma parte com chuva, em algumas foi necessário apostar no momento de trocar os pneus.

Senna não venceu todas as corridas com chuva que disputou, mas, em algumas, ele também teve algum protagonismo, como você pode ver na galeria abaixo:

Galeria
Lista

GP do Canadá 1989

GP do Canadá 1989
1/7

Foto de: Tom Haapanen

Poderia ter sido mais uma vitória de Senna na chuva (seriam duas consecutivas no Canadá), mas sua McLaren parou com um problema no motor quando ele liderava, faltando apenas três voltas para o final.

GP da Austrália 1989

GP da Austrália 1989
2/7

Foto de: LAT Images

Outra que poderia ter sido de Senna em condições "inaceitáveis", como ele chamava, após vencer o duelo contra Prost na primeira curva. Devido à pouca visibilidade, ele bateu na traseira da Brabham de Martin Brundle, encerrando a sua prova

GP da Espanha 1991

GP da Espanha 1991
3/7

Foto de: LAT Images

Próximo de garantir seu terceiro título, Senna correu tendo o mundial como seu principal objetivo. A corrida foi com pista molhada e os pilotos largaram com pneus para as condições. Senna largou em terceiro, mas terminou em quinto e a decisão do mundial passou para Suzuka

GP da Espanha 1992

GP da Espanha 1992
4/7

Foto de: LAT Images

Desta vez, Senna rodou algumas vezes na pista molhada: na primeira ele conseguiu se recuperar, mas na segunda, não. Na última, a três voltas do final, ele estava com pneus usados e tentou alcançar Schumacher, que terminaria a prova em segundo

GP da França 1992

GP da França 1992
5/7

Foto de: LAT Images

Desta vez, Senna não viu a chuva cair, após o incidente da primeira volta com Schumacher em Adelaide, no meio da temporada mais difícil que enfrentou com a McLaren, derrotada pelo domínio da Williams.

GP da Bélgica 1992

GP da Bélgica 1992
6/7

Foto de: LAT Images

Senna e McLaren apostaram que a chuva seria breve e leve quando chegaram na metade do Grande Prêmio da Bélgica. No entanto, sua estratégia não funcionou e ele acabou caindo para o 14º lugar depois de ter que parar nos boxes para trocar de pneus. Ele acabou se recuperando e voltou para o quinto lugar. Foi o dia em que alguém brilhou mais do que ele na chuva: Michael Schumacher conseguiu sua primeira vitória, acertando perfeitamente o momento da troca final de pneus.

GP de San Marino 1993

GP de San Marino 1993
7/7

Foto de: Renault

Um possível trio de vitórias na chuva parecia possível para Senna após seus triunfos em Interlagos e Donington. No entanto, em San Marino, mesmo com a ajuda de uma pista molhada, ele não conseguiu competir com as Williams, antes de abandonar com problema hidráulico.

VÍDEO: Ayrton Senna - 60 fatos e feitos do tricampeão mundial

PODCAST: Quais pilotos mereciam ganhar títulos da F1 e não levaram?

 

 

Próximo artigo
Jornal italiano diz que Vettel negou proposta da Ferrari e pode ser substituído por Sainz

Artigo anterior

Jornal italiano diz que Vettel negou proposta da Ferrari e pode ser substituído por Sainz

Próximo artigo

Ex-chefe da Ferrari vira motorista de ambulância durante combate à Covid na Itália

Ex-chefe da Ferrari vira motorista de ambulância durante combate à Covid na Itália
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Ayrton Senna Compre Agora
Autor Diego Mejía