Bottas: "Mercedes precisa de mais pressão aerodinâmica"

Para piloto finlandês, equipe precisa trabalhar o carro para não se complicar nas próximas corridas

Bottas: "Mercedes precisa de mais pressão aerodinâmica"
Valtteri Bottas, Mercedes-Benz F1 W08 Hybrid
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08

O piloto da Mercedes Valtteri Bottas acredita que o time precisa fazer ganhos em seu pacote de pressão aerodinâmica para evitar se "complicar" nas demais corridas da temporada 2017 da Fórmula 1.

Por enquanto, a Mercedes espera estar em uma posição mais forte nas próximas duas corridas do pós- férias de verão na Bélgica e na Itália.

"Eu realmente acho que, pelo menos no papel as próximas duas corridas devem ser um pouco melhores para nós em comparação com a Ferrari", disse. "Mas eu acho que fizemos alguns bons progressos”.

"Nós definitivamente temos trabalho a fazer, pois eles são rápidos nas curvas, e precisamos trabalhar nisso, precisamos trabalhar ao máximo em nosso pacote de aerodinâmica, isso é o principal”, completou.

"Ainda há muitas pistas que exigem muita pressão aerodinâmica. Spa é mais sobre eficiência, Monza exige menos downforce. A questão aerodinâmica volta no GP de Cingapura.

O finlandês acredita que se a equipe não trabalhar rápido, a segunda metade da temporada será difícil.

"Estamos realmente trabalhando duro e tentando melhorar o carro, porque se não fizermos nenhum progresso, será uma temporada complicada, com certeza".

Primeira metade “na média”

Bottas, que chegou à Mercedes como substituto de Nico Rosberg, marcou duas vitórias e esteve no pódio em todas as corridas, exceto em três, em 2017, o que permitiu que ele permanecesse disputando o título com Sebastian Vettel e Lewis Hamilton.

Ele está a 33 pontos do líder do campeonato da Ferrari, Vettel, na classificação dos pilotos, e contribuiu para que a equipe Mercedes liderasse o Mundial de Construtores, 39 pontos à frente da Ferrari.

Bottas insiste que estava esperando resultados ainda melhores do que isso, e está certo de que suas melhores corridas com a Mercedes "ainda estão a caminho".

"Eu esperava estar um pouco melhor no campeonato, e também como equipe, eu acho. Nós ainda estamos bem nos construtores, mas tivemos algumas corridas difíceis, o que não é ideal”.

"Para nós, como equipe, apenas ganhar é bom o suficiente, esse sempre deve ser o alvo. Eu acho que definitivamente temos trabalho a fazer. Eu tenho trabalho a fazer”.

"Ainda há coisas que eu posso melhorar, desde que eu continue trabalhando com a equipe como fizemos neste momento do ano”.

"Eu sei que a segunda metade será melhor para mim, e minhas melhores performances ainda estão a caminho. É assim que me sinto, é por isso que estou ansioso pelo segundo semestre. Eu diria que a primeira metade tem sido média, porque sempre estabeleci metas muito altas, mas obviamente também houve bons momentos", concluiu.

compartilhar
comentários
Sainz: “A F1 precisa que metade do grid lute pelo pódio”
Artigo anterior

Sainz: “A F1 precisa que metade do grid lute pelo pódio”

Próximo artigo

Irônico, brincalhão e polêmico: frases marcantes de Piquet

Irônico, brincalhão e polêmico: frases marcantes de Piquet
Carregar comentários