Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Evento encerrado
09 jul
-
12 jul
Treino Livre 1 em
07 Horas
:
19 Minutos
:
32 Segundos
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
5 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
26 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
47 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
54 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
75 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
103 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
110 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
124 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
138 dias

Brundle: saída de Vettel da Ferrari deve fazer ele "voar" em 2020

compartilhar
comentários
Brundle: saída de Vettel da Ferrari deve fazer ele "voar" em 2020
Por:
, NobleF1
29 de jun de 2020 13:43

Para o ex-piloto, a saída de Vettel deve na verdade ajudar o tetracampeão a ir ainda melhor em 2020

Com o anúncio da saída de Sebastian Vettel da Ferrari no final de 2020, muitos acreditam que isso pode deixar o tetracampeão desmotivado para a temporada da Fórmula 1 a frente. Mas para o ex-piloto e comentarista Martin Brundle, a situação deve ser a oposta.

Brundle, que atualmente trabalha como comentarista da emissora britânica Sky Sports F1, acredita que a situação pode ajudar ele a crescer.

Leia também:

"Acho que Vettel poderá voar, para ser honesto", disse Brundle em uma coletiva. "No passado, ele deu pouca atenção a ordens de equipe envolvendo ele e Webber na Red Bull e ele e Leclerc na Ferrari".

"Ele não vai ter interesse em cumprir isso não? Ele vai estar andando para ele. Não haverá dúvida sobre isso. E se ele quiser ficar na F1? Acho que ele quer. Ele vai querer correr como piloto da Renault? Acho que teremos que esperar".

"Mas acho que ele será superior. Não acho que ele perdeu velocidade. Ele pode ter perdido um pouco da noção em embates próximos, mas acho que será algo fascinante. Claramente a Ferrari irá favorecer o seu futuro, Leclerc, mas muitos diriam que isso já aconteceu no ano passado de qualquer jeito".

Brundle admite que pode ter uma certa estranheza no trabalho interno da Ferrari com a saída de Vettel, mas acredita que isso possa ser relevado devido ao calendário.

"Você entra na garagem e é meio que uma persona non grata, porque eles não querem que você saiba nada referente ao próximo ano caso vá para outra equipe", acrescentou. "São pequenas coisas. As pessoas olham para o outro lado. Você está de saída".

"Você não tem isso quando está chegando na equipe. Você aparece na fábrica e é algo animador, porque todos estão felizes em te ver. Você tem o ajuste do assento, o papo é sobre o potencial e o futuro".

"Quando você está saindo, é meio desconfortável. E você precisa lidar com isso Acho que como as corridas devem vir com tudo, isso será amenizado".

"Então... eu acho que Seb deverá voar. Mas onde ele vai em seguida? Ou se ele quer ir para algum lugar? Ele está satisfeito com quatro títulos em mãos? Ele tem sua família. Será que ele vai querer ir para uma equipe fora do Top 3? Teremos que ver. E se ele ainda tem a paixão e a motivação, eu suspeito que ele vai querer continuar".

Raio-X de Hamilton: veja a metamorfose e as histórias inéditas do maior piloto da F1 na atualidade

PODCAST: F1 pronta para volta! Sérgio Sette Câmara explica como será protocolo detalhado

 

Próximo artigo
ANÁLISE: Por que Verstappen pode sair na frente na briga pelo título da F1 em 2020

Artigo anterior

ANÁLISE: Por que Verstappen pode sair na frente na briga pelo título da F1 em 2020

Próximo artigo

Ecclestone se defende de críticas após fala polêmica sobre racismo: "Não tenho culpa se sou branco"

Ecclestone se defende de críticas após fala polêmica sobre racismo: "Não tenho culpa se sou branco"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble