Últimas notícias
Fórmula 1 GP do Brasil

Bruno Senna se emociona ao pilotar McLaren do tio e exalta Hamilton

Ex-F1 e hoje no WEC, sobrinho de Ayrton guiou a máquina do 1º título do tricampeão e comparou carros de antigamente aos atuais

Bruno Senna drives the McLaren MP4/4

Um dos principais destaques do GP do Brasil de Fórmula 1 neste fim de semana, em Interlagos, foi a exibição da McLaren MP4/4 com a qual Ayrton Senna conquistou seu primeiro título, em 1988. Quem teve a honra de guiar o histórico carro foi Bruno Senna, ex-F1 e sobrinho do tricampeão.

"Andar com esse carro aqui em Interlagos não dá nem para explicar. Quando sai do carro, aí dá para relaxar, curtir e aproveitar. Na pista, é interagir com o pessoal e trazer o carro ‘para casa’ perfeito", relatou Bruno, que atualmente disputa o Campeonato Mundial de Endurance (WEC).

Leia também:

"Honestamente, eu vim com uma missão: fazer todo mundo ver esse carro, curtir essa emoção, voltando com a McLaren 100%, em perfeito estado", disse o sobrinho de Ayrton, que também é homenageado no troféu do GP do Brasil.

Questionado pelo Motorsport.com sobre as diferenças entre o MP4/4 e os monopostos atuais, o piloto do WEC exaltou Ayrton e o britânico Lewis Hamilton, que conquistou seu sexto título da F1 a bordo da Mercedes neste ano.

"O Ayrton passou pelo carro turbo, pelo aspirado... Foi do mais antigo aos mais modernos, como os de 1993 e 1994. E ele sempre estava lá na frente. Já o Hamilton passou pelo carro aspirado, pegou a época do KERS [sistema de geração de potência por meio da recuperação da energia cinética da frenagem] e conseguiu passar por diversas fases sendo campeão. Isso demonstra versatilidade e habilidade dos pilotos", avaliou Bruno, que comparou as diferentes eras da F1.

"São eras diferentes, com mentalidades diferentes de como se pilota o carro. Então acho que os grandes pilotos são aqueles que conseguem passar por épocas distintas de carros se mantendo bons em todos os períodos".

GALERIA: Fotos da exibição da McLaren MP4/4 com Bruno Senna, Vettel e Brundle

Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Sebastian Vettel e Bruno Senna
Martin Brundle, Sebastian Vettel e Bruno Senna
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna, McLaren MP4/4
Bruno Senna e Martin Brundle
17

"Havia muita falha mecânica, simples e puramente, sem que houvesse o erro do piloto. Com certeza, a tecnologia que a gente tem hoje torna os carros muito mais resistentes e confiáveis do que antigamente", ponderou Bruno.

"Quando eu estava andando no autódromo, fiquei pensando: ‘como é que esses carros sobreviviam por duas horas’? Qualquer besteirinha, como um parafusinho um pouco soltou ou o câmbio um pouco frouxo, significaria entrar na marcha errada e aí acabava a corrida. Era tudo no limite, então tem que respeitar muito a turma que corria naquela época e fazia esses carros terminarem corridas andando rápido", relatou.

"A carga mental de pilotar esses carros aqui é muito mais alta. Hoje em dia, a parte física é muito mais difícil porque os carros são muito mais rápidos e você anda no limite o tempo inteiro. Os carros têm mais aderência e tudo mais, então você realmente não está pensando em freio, caixa de câmbio, nada: simplesmente está tentando ir o mais rápido possível o tempo inteiro".

"Com esses carros mais antigos, você não pode errar uma marcha, senão estoura a caixa de câmbio. Você não pode exagerar no giro do motor, porque senão estoura o motor. Também não pode andar o tempo todo no limite, porque o freio acaba. Então esses carros são muito mais frágeis e delicados, de modo que você tem que pilotar rápido, mas de uma forma suave ao mesmo tempo. Senão você não termina a corrida", completou o sobrinho de Ayrton Senna.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Troféu do GP do Brasil de F1 homenageia Senna; veja fotos e vídeo
Próximo artigo Proposta de manter F1 em São Paulo envolve pagamento de taxa por município

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil