Chefe da Haas diz que F1 apela com rádios sobre Mazepin durante transmissões

Gunther Steiner ainda defendeu o russo da punição de cinco segundos que recebeu em Portimão

Chefe da Haas diz que F1 apela com rádios sobre Mazepin durante transmissões

O chefe da Haas, Gunther Steiner, disse que o destaque dado pelas transmissões às mensagens de rádio criticando Nikita Mazepin é algo "apelativo" da parte da Fórmula 1 e defendeu o russo da penalidade que recebeu durante o GP de Portugal.

Mazepin ainda não passou ileso por um final de semana, sendo alvo de diversas reclamações ou repreensões em sua direção. No Bahrein, foi o fato de ter ultrapassado vários pilotos nos segundos finais do cronômetro, violando um 'acordo de cavalheiros' que existe no paddock.

Leia também:

Em Ímola, ele fez o mesmo, comprometendo a última chance de Antonio Giovinazzi, que buscava avançar ao Q2. Já em Portimão, Nicholas Latifi foi a fonte das críticas a Mazepin, que o teria impedido de fazer uma volta limpa na classificação. O canadense não poupou críticas pelo rádio, chamando-o de "idiota do caralho".

No domingo, foi a fez de Sergio Pérez, que também criticou o russo por não prestar atenção às bandeiras azuis, liberando o caminho para o mexicano, que vinha mais rápido, algo que terminou com uma punição a Mazepin.

Falando sobre isso, Steiner disse que a F1 busca chamar a atenção ao mostrar constantemente essas mensagens de rádio na transmissão.

"O que eles dizem durante as corridas, quando têm alguém pelo caminho, você não fala 'esse cara não foi legal', você sempre diz algo a mais. Quem não faz isso?".

"Todos sabemos que Nikita foi chamado de bad boy por um tempo. E a Fórmula 1 mostra esses comentários nas transmissões porque as pessoas gostam de ouvir isso. Se falam coisas mais suaves, ninguém ligaria. É um pouco apelativo da parte deles, mas estamos no mundo das corridas e da indústria do entretenimento".

"Não acredito que isso vá afetá-lo. Se isso se torna um problema, você não deveria estar aqui. É melhor ir fazer outra coisa".

Steiner ainda questionou a punição a Mazepin por atrapalhar Pérez, tendo cinco segundos adicionados ao seu tempo final.

"A luz da bandeira azul em seu volante brilhou bem tarde. A essa altura, Pérez já havia o ultrapassado. Além disso, precisamos melhorar a comunicação".

"Aqueles cinco segundos não mudaram muito no final. Ele conversou com Pérez e se desculpou pelo erro. Essas coisas acontecem, e a questão é que nada aconteceu com ninguém".

F1 2021: HAMILTON bate VERSTAPPEN e BOTTAS com vitória DOMINANTE em PORTUGAL após 'susto' | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Oscar das pistas: histórias da F1 que rendem filme

 

compartilhar
comentários
F1: Hamilton acredita que luta contra Verstappen continuará durante toda temporada
Artigo anterior

F1: Hamilton acredita que luta contra Verstappen continuará durante toda temporada

Próximo artigo

F1: Disputa com Verstappen está ajudando a elevar Hamilton a novo nível, afirma Brawn

F1: Disputa com Verstappen está ajudando a elevar Hamilton a novo nível, afirma Brawn
Carregar comentários