Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Próximo evento em
10 dias
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
17 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
45 dias

Chefe de equipe da Ferrari descarta dupla Leclerc - Verstappen: "Juntos eles criam dificuldades"

compartilhar
comentários
Chefe de equipe da Ferrari descarta dupla Leclerc - Verstappen: "Juntos eles criam dificuldades"
17 de set de 2019 15:03

Italiano disse que ambiente ideal conta com apenas um líder e um segundo piloto para somar pontos

Após as vitorias de Charles Leclerc com a Ferrari, apontado como futuro do time, o chefe da equipe na Fórmula 1, Mattia Binotto, afirmou que a escuderia não pode contar com dois líderes e disse que o ideal é ter um grande vencedor e um segundo piloto, usando Rubens Barrichello e Felipe Massa como exemplos.

Leia também:

Após os erros de Sebastian Vettel no GP da Itália de Fórmula 1, o holandês Max Verstappen sugeriu o próprio nome para formar dupla com o monegasco.

“Charles e eu poderíamos estar na mesma equipe. Não digo que não possa haver conflitos, mas não seria como Lewis Hamilton e Nico Rosberg na Mercedes”, disse o piloto da Red Bull ao jornal espanhol As.

No entanto, a tentativa do holandês em atrair a atenção da Ferrari parece não ter surtido efeito. Ao ser questionado sobre a declaração do piloto, Binotto, descartou a dupla Verstappen e Leclerc no futuro.

O italiano disse ainda que não vê espaço para dois líderes na mesma equipe, citando o clima harmonioso que a Ferrari teve nos anos 2000, usando os brasileiros como exemplos de segundo piloto ideal.

“Cheguei à Ferrari na época de Schumacher, quando Barrichello ou Massa estavam ao seu lado", disse o chefe da equipe ao jornal espanhol. "Creio que deveríamos ter um grande primeiro piloto e outro que possa ganhar corridas e somar pontos. Algo como Hamilton e Bottas. Dois pilotos como Max e Charles juntos criariam dificuldades para a gestão da equipe”.

Vettel acumula erros

O alemão chegou à Ferrari com status de líder que tiraria o time do jejum de títulos. Passadas quase cinco temporadas, a tão sonhada conquista não veio. Ao invés disso, Vettel coleciona vários erros, alguns que podem ter custado caro na briga pelo título, e vive um dos piores momentos da carreira enquanto vê Leclerc decolar. Relembre as 'pataquadas' do tetracampeão na Ferrari:

Galeria
Lista

GP de Singapura, 2017

GP de Singapura, 2017
1/10

Foto de: Andrew Hone / Motorsport Images

Vettel largou na pole, mas toda a vantagem foi por água abaixo: logo no salto iniciou, o alemão espremeu a Red Bull de Max Verstappen, que também via a Ferrari de Kimi Raikkonen por fora. Batida tripla que beneficiou Lewis Hamilton, da Mercedes.

GP da França, 2018

GP da França, 2018
2/10

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Tentando superar a Mercedes de Valtteri Bottas na largada, o alemão encheu a traseira do finlandês na primeira curva, destruiu sua asa dianteira e teve que ir aos pits. Saindo em terceiro, ele chegou em quarto no dia de mais uma vitória de Hamilton.

GP da Alemanha, 2018

GP da Alemanha, 2018
3/10

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Com uma boa vantagem à frente, Vettel foi vítima de uma garoa que caia no circuito de Hockenheim. Ele acabou errando e bateu contra a barreira. Com o safety car, Hamilton – que largara em 14º após problema mecânico na classificação – viu Bottas e Kimi indo para os pits e ficou na pista. O inglês assumiu a liderança e venceu.

GP da Itália, 2018

GP da Itália, 2018
4/10

Foto de: Manuel Goria / Motorsport Images

Após atacar Raikkonen sem sucesso na primeira chicane da corrida, Vettel foi atacado por Hamilton chegando na segunda chicane. Por dentro, o alemão arriscou frear tarde para se defender, mas bateu no carro do rival e acabou rodando. Vettel, que tinha provavelmente o melhor conjunto para a pista de Monza, chegou apenas em quarto na vitória de Hamilton.

GP do Japão, 2018

GP do Japão, 2018
5/10

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Saindo de nono após um erro da Ferrari na classificação, Vettel arriscou uma ultrapassagem em Verstappen no início da corrida na curva Spoon, tocou com o holandês e rodou. Ele só pôde ser o sexto em mais uma vitória de Hamilton.

GP dos EUA, 2018

GP dos EUA, 2018
6/10

Foto de: Jerry Andre / Motorsport Images

Saindo de quinto, o alemão foi para cima de Daniel Ricciardo na primeira volta, arriscou em uma freada e novamente rodou. Depois de cair diversas posições, subiu para quarto evitando o título de Hamilton, terceiro. Mas Lewis foi campeão na prova seguinte.

GP do Bahrein, 2019

GP do Bahrein, 2019
7/10

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Depois de superar o parceiro Leclerc na largada pela liderança, ele viu o monegasco dando o troco após algumas voltas. Em seguida, Sebastian começou seu duelo com Hamilton. Ele foi atacado pelo britânico depois de sua segunda parada. Tentando se manter à frente de Lewis, errou e acabou rodando. Ovalizando os pneus, acabou perdendo a asa após voltar à pista. Vettel ficou em quinto.

GP do Canadá, 2019

GP do Canadá, 2019
8/10

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Neste caso, Vettel não pagou mico, mas se prejudicou. Em batalha com Hamilton pela vitória, o alemão escapou na chicane de Montreal e acabou fechando o rival quando retornou à pista. Vettel venceu, mas tomou controversa punição de 5 segundos no tempo de prova e caiu para segundo.

GP da Grã-Bretanha, 2019

GP da Grã-Bretanha, 2019
9/10

Foto de: Hasan Bratic / Motorsport Images

O circuito de Silverstone foi palco para o penúltimo erro crasso de Vettel na F1. Em briga com Verstappen, o alemão encheu a traseira da Red Bull e acabou caindo para o fim do grid. O tetracampeão terminou a prova da Inglaterra em penúltimo.

GP da Itália, 2019

GP da Itália, 2019
10/10

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

A corrida de Monza marcou a última pataquada de Vettel. O alemão rodou no começo da prova e cometeu barbeiragem ainda maior na volta à pista: fechou a Racing Point de Lance Stroll, colidindo com o canadense e prejudicando ambos. Já Leclerc venceu.

Próximo artigo
'Campeão sem título', Stirling Moss é homenageado por seus 90 anos

Artigo anterior

'Campeão sem título', Stirling Moss é homenageado por seus 90 anos

Próximo artigo

Damon Hill completa 59 anos; relembre todas as 22 vitórias na F1

Damon Hill completa 59 anos; relembre todas as 22 vitórias na F1
Carregar comentários