Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Diretor técnico da Alfa Romeo voltará para a Ferrari após um ano

compartilhar
comentários
Diretor técnico da Alfa Romeo voltará para a Ferrari após um ano
Por:
17 de jul de 2019 16:57

Simone Resta havia deixado a equipe para se juntar à Sauber em 2018, antes do time mudar de nome para Alfa Romeo

A Alfa Romeo anunciou nesta quarta-feira que Simone Resta vai deixar a equipe no fim de julho e que o atual chefe de aerodinâmica, Jan Monchaux, assumirá o cago de diretor técnico. Não houve menção ao futuro de Resta, mas conversas nos bastidores indicam que ele está retornando à Ferrari, apesar da equipe não ter confirmado a informação.

O italiano havia deixado Maranello e se juntado à Alfa Romeo em 2018. Liderar uma equipe deu mais responsabilidades e experiência a Resta, mas desde o princípio não se esperava que fosse um acordo de longa duração. No entanto, cláusulas contratuais podem impedir que ele se junte à Ferrari ainda neste ano, abrindo a possibilidade de que ele trabalhe em projetos de carros de rua da empresa até o fim de 2019.

Ainda não se sabe qual papel Resta ocupará, mas ele já atuou na equipe italiana como chefe do projeto de veículos e compartilhou responsabilidades como designer chefe. A configuração atual da Ferrari é bem diferente daquela em que Resta atuava quando ele deixou a equipe e suas responsabilidades, que foram assumidas por três pessoas: Fabio Montecchi, David Sanchez e Enrico Cardile.

O ex-diretor do departamento técnico, Mattia Binotto, agora é o chefe da equipe e sua posição anterior não foi diretamente ocupada por ninguém, o que poderia permitir que Resta se tornasse o responsável técnico da Ferari.

Os rumores de que Resta voltaria para Maranello surgiram depois do difícil começo da Ferrari nesta temporada, Binotto chegou a admitir que “nós estamos avaliando trazê-lo de volta em algum momento”.

O chefe da Alfa Romeo, Frederick Vasseur, agradeceu a Resta pelo papel desempenhado no rápido progresso da equipe de volta ao pelotão intermediário e ajudando o time a marcar pontos regularmente.

 Jan Monchaux, Head of Aerodynamics, Alfa Romeo Racing

Jan Monchaux, Head of Aerodynamics, Alfa Romeo Racing

Photo by: Sauber F1 Team

Enquanto isso, a sucessão de Resta por Monchaux é um movimento natural para o aerodinamicista que atuou na Ferrari e na Toyota. Assim como Resta, ele se juntou à equipe em 2018, quando o time ainda operava como Sauber, se tornando chefe de aerodinâmica após ter exercido o mesmo papel na Audi no programa de Le Mans da marca.

“Eu quero agradecer a Simone por sua contribuição para o progresso da equipe e desejo a ele tudo de melhor em seus próximos desafios”, disse Vasseur. “E com relação a Jan, estou feliz em vê-lo avançar e assumir o papel de diretor técnico. Ele tem feito um trabalho brilhante até agora e estou confiante de que ele será capaz de liderar nosso grupo técnico a medida que a equipe continue a avançar em sua jornada”.

Monchaux acrescentou: “Os proprietários, a equipe e os chefes estão enviando uma mensagem simples e poderosa para toda a companhia: eles valorizam a continuidade e acreditam na equipe e no trabalho que temos feito. Agora cabe a nós provar o nosso valor, mas estou convencido de que nosso futuro é brilhante”.

Próximo artigo
Há quatro anos, F1 perdia Jules Bianchi, última vítima das pistas na categoria

Artigo anterior

Há quatro anos, F1 perdia Jules Bianchi, última vítima das pistas na categoria

Próximo artigo

Veja curiosidades sobre o efeito solo, que voltará à F1 em 2021

Veja curiosidades sobre o efeito solo, que voltará à F1 em 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Alfa Romeo
Autor Scott Mitchell