Ecclestone: "Quem apostar na Ferrari ou em Leclerc perderá dinheiro"

Ex-mandatário da Fórmula 1 não acredita que time italiano fará frente à Red Bull para levar os construtores ou evitar mais um título de Verstappen

Ecclestone: "Quem apostar na Ferrari ou em Leclerc perderá dinheiro"
Carregar reprodutor de áudio

Quem pode evitar Max Verstappen de seu segundo consecutivo na Fórmula 1? Depois de uma sequência de seis vitórias seguidas da Red Bull e problemas na Ferrari, Bernie Ecclestone declara que não espera que a Ferrari consiga fazer frente ao holandês.

No ano passado, Verstappen se tornou campeão mundial de Fórmula 1 pela primeira vez, mas isso não aconteceu de maneira fácil. Até a última corrida da temporada, o holandês teve que competir com Lewis Hamilton e só conseguiu após ultrapassar seu rival na última volta do GP de Abu Dhabi para garantir o título.

Leia também:

Inicialmente, a temporada de 2022 da F-1 também parecia proporcionar uma intensa batalha pelo título: nas primeiras corridas da temporada, Red Bull Racing e Ferrari dividiram as vitórias e devido a problemas de confiabilidade no primeiro, os italianos estavam na liderança.Mas a situação é bem diferente agora, após a nona corrida da temporada, realizada no Canadá.

Verstappen cruzou a linha de chegada em primeiro em Montreal, tendo sua quinta vitória nas últimas seis corridas. O único triunfo restante foi de Sergio Perez, em Mônaco. O mexicano está 46 pontos atrás e é quem mais está perto do holandês no Mundial. Ele assumiu o papel de Charles Leclerc.

O piloto da Ferrari venceu duas das três primeiras corridas e foi líder na ocasião, mas agora está 49 pontos atrás. Nas últimas quatro corridas, ele abandonou duas vezes com problemas no motor, o que também significou ter de largar da última fila do grid no Canadá devido à utilização de muitos componentes da unidade de potência.

No momento, parece não haver problema tanto para Verstappen quanto para a Red Bull, que agora tem uma margem de 76 pontos para a Ferrari. Dada a forma recente de ambas as equipes, o ex-chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, não espera que a equipe italiana e seu piloto Leclerc sejam sérios candidatos ao título mundial.

"Como muitos outros, esperava que a Ferrari se tornasse campeã mundial novamente depois de quatorze anos. Agora, no entanto, tenho que dizer que qualquer um que colocar seu dinheiro na Ferrari ou em Leclerc, vai para casa de mãos vazias", disse Ecclestone ao jornal suíço Blick.

"Na Ferrari, os erros estão voltando a aparecer, a confiabilidade muitas vezes lembra o passado e os próprios pilotos nem sempre dirigem com confiança na pista. Max, portanto, tem um momento muito fácil com a Red Bull-Honda e isso se reflete com já seis vitórias”, finalizou.

BASTIDORES no Canadá tiveram XILIQUE “TEATRAL”, ACUSAÇÕES e polícia com CÃES FAREJADORES na RBR

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Após "aula" em Montreal, Horner vê Verstappen "na melhor forma de sua carreira"
Artigo anterior

F1: Após "aula" em Montreal, Horner vê Verstappen "na melhor forma de sua carreira"

Próximo artigo

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?