Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
15 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
43 dias

Entenda como tufão pode mudar rotina do GP do Japão de Fórmula 1

compartilhar
comentários
Entenda como tufão pode mudar rotina do GP do Japão de Fórmula 1
Por:
, NobleF1
Co-autor: Vital Neto
9 de out de 2019 13:39

Com chegada prevista para sábado, tempestade pode causar atraso na realização do treino classificatório. Situação é similar a 2004 e 2014

A Fórmula 1 está se preparando para uma possível interrupção no final de semana do GP do Japão, com a probabilidade cada vez maior de Suzuka ser afetada pelo super tufão Hagibis.

Leia também:

Se isso de fato acontecer, não será a primeira vez que um fim de semana de F1 é afetado pelo clima na ilha que já foi palco de decisões de título cinematográficas.

 

A situação atual

A Agência Japonesa de Meteorologia diz que suas últimas previsões são de que o tufão atinja o Japão no sábado e domingo - trazendo ventos violentos e fortes chuvas. As previsões mais recentes são de que Suzuka enfrentará o pior disso no sábado - embora ainda não seja certo o momento e o local exato em que o tufão atingirá a terra firme.

Além disso, as previsões iniciais sugerem ventos de velocidade de até 160 km/h no centro do tufão - com rajadas potencialmente atingindo a casa dos 220 km/h.

O impacto de um clima assim inviabilizaria a ação na pista, o que significaria uma alteração no cronograma do GP do Japão, algo similar ao que aconteceu em 2004, quando o treino classificatório foi adiado para domingo, também por conta de um tufão.

A FIA disse que está monitorando cuidadosamente a situação climática e trabalhando em colaboração com os organizadores do circuito, da Federação Japonesa de Automobilismo e da F1 para ver se alguma ação precisa ser tomada.

Embora as indicações no início desta semana fossem de que o tufão poderia chegar ao país no domingo, agora parece provável que ele vá passar um dia antes do previsto - o que significa que a corrida não deverá ser ameaçada.

No entanto, podemos ver uma repetição do que aconteceu 15 anos atrás, com o treino classificatório sendo realizado no domingo, algumas horas antes da corrida. Caso o tufão se prolongue pelo domingo, o que é improvável neste momento, a corrida também poderia ser adiada para uma outra data.

Radar do super tufão Phanfone

Radar do super tufão Phanfone

Photo by: Google

Tempestades são comuns

A primeira prova disputada no país, em 1976, decidiu o título mundial daquele ano e foi marcada por uma forte tempestade que se tornou a principal protagonista da corrida. Disputavam o campeonato James Hunt, da McLaren e Niki Lauda, da Ferrari.

Lauda chegou no Japão três pontos à frente de Hunt, e vinha se recuperando do acidente que deixou praticamente todo seu corpo queimado. No entanto, a força da chuva era tanta que o austríaco preferiu abandonar a prova, o que permitiu ao inglês faturar o título ao chegar em terceiro. A lendária batalha se tornou tema do filme "Rush, no limite da emoção".

Já em anos mais recentes, em 2004, a chegada do tufão Ma-on ao país causou o cancelamento das atividades de sábado, fazendo com que o treino fosse transferido para o domingo. Naquela ocasião Michael Schumacher chegava ao país como heptacampeão e Rubens Barrichello como vice.

O alemão largou na pole e terminou a prova na primeira posição, conquistando sua 13ª vitória no mundial e fazendo de quebra, uma 'dobradinha' familiar com o irmão Ralf, que corria pela Williams na época. Barrichello teve um acidente com David Coulthard e acabou abandonando a prova.

Já em 2014, uma forte chuva acabou criando as condições que levaram a um grave acidente que acabou tirando a vida de Jules Bianchi. 

Na volta 42 da corrida, Adrian Sutil aquaplanou e saiu fora da pista. Um trator entrou na área de escape para remover o carro do alemão, quando na volta 43 Bianchi escapou no mesmo ponto e se chocou diretamente contra o pesado veículo. O francês passou nove meses internado até que faleceu em virtude dos danos cerebrais causados pela pancada.

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

GALERIA: Curiosidades do GP do Japão, marcado pelos três títulos de Ayrton Senna

Galeria
Lista

Esta será a 35ª edição do GP do Japão de F1. No mundial desde 1976, foram realizadas 30 corridas em Suzuka e quatro em Fuji. Mario Andretti, de Lotus, foi o primeiro vencedor.

Esta será a 35ª edição do GP do Japão de F1. No mundial desde 1976, foram realizadas 30 corridas em Suzuka e quatro em Fuji. Mario Andretti, de Lotus, foi o primeiro vencedor.
1/14

Foto de: LAT Images

E foi nesta edição, em Fuji, que aconteceu a famosa prova que deu o título mundial a James Hunt, com o abandono de Niki Lauda, sob muita chuva. O episódio foi retratado brilhantemente no filme "Rush - No limite da emoção"

E foi nesta edição, em Fuji, que aconteceu a famosa prova que deu o título mundial a James Hunt, com o abandono de Niki Lauda, sob muita chuva. O episódio foi retratado brilhantemente no filme "Rush - No limite da emoção"
2/14

Foto de: LAT Images

Suzuka é a única pista de todo o calendário da F1 com a primeira metade no sentido anti-horário e a segunda no sentido horário.

Suzuka é a única pista de todo o calendário da F1 com a primeira metade no sentido anti-horário e a segunda no sentido horário.
3/14

Foto de: Ferrari Media Center

Em 30 edições, o GP do Japão em Suzuka foi vencido pelo pole position em 16 delas.

Em 30 edições, o GP do Japão em Suzuka foi vencido pelo pole position em 16 delas.
4/14

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Michael Schumacher é o maior vencedor do GP do Japão, com seis triunfos: 1995, 1997, 2000, 2001, 2002 e 2004.

Michael Schumacher é o maior vencedor do GP do Japão, com seis triunfos: 1995, 1997, 2000, 2001, 2002 e 2004.
5/14

Foto de: Bridgestone Corporation

Mas Lewis Hamilton pode igualar o feito do alemão neste ano, já que possui cinco vitórias: 2007, 2014, 2015, 2017 e 2018.

Mas Lewis Hamilton pode igualar o feito do alemão neste ano, já que possui cinco vitórias: 2007, 2014, 2015, 2017 e 2018.
6/14

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

A McLaren é a equipe que mais venceu no Japão, com nove vitórias, mas a Mercedes venceu em todas as edições desde o início da era híbrida da F1.

A McLaren é a equipe que mais venceu no Japão, com nove vitórias, mas a Mercedes venceu em todas as edições desde o início da era híbrida da F1.
7/14

Foto de: XPB Images

Ayrton Senna é o brasileiro com mais vitórias no país, vencendo em 1988 e 1993. Nelson Piquet ganhou em 1990 e Rubens Barrichello em 2003.

Ayrton Senna é o brasileiro com mais vitórias no país, vencendo em 1988 e 1993. Nelson Piquet ganhou em 1990 e Rubens Barrichello em 2003.
8/14

Foto de: Sutton Motorsport Images

Durante muito tempo o GP do Japão era a penúltima etapa da temporada da F1, por isso acabou sendo palco de 12 decisões de título. A primeira com James Hunt, em 1976, e a última em 2011, com Sebastian Vettel, já com a corrida em Suzuka não sendo mais a penúltima daquele ano.

Durante muito tempo o GP do Japão era a penúltima etapa da temporada da F1, por isso acabou sendo palco de 12 decisões de título. A primeira com James Hunt, em 1976, e a última em 2011, com Sebastian Vettel, já com a corrida em Suzuka não sendo mais a penúltima daquele ano.
9/14

Foto de: XPB Images

Em uma delas, em 1989, aconteceu um dos mais polêmicos finais de campeonato, com Ayrton Senna e Alain Prost batendo, com o francês abandonando e o brasileiro conseguindo voltar, para vencer. Logo em seguida, Senna foi desclassificado, com o título caindo no colo de Prost.

Em uma delas, em 1989, aconteceu um dos mais polêmicos finais de campeonato, com Ayrton Senna e Alain Prost batendo, com o francês abandonando e o brasileiro conseguindo voltar, para vencer. Logo em seguida, Senna foi desclassificado, com o título caindo no colo de Prost.
10/14

Foto de: Steven Tee / Motorsport Images

Mas Suzuka viu os três campeonatos de Ayrton Senna serem decididos lá.

Mas Suzuka viu os três campeonatos de Ayrton Senna serem decididos lá.
11/14

Foto de: Sutton Motorsport Images

Em 1988...

Em 1988...
12/14

Foto de: LAT Images

1990 (no 'troco' sobre Prost)

1990 (no 'troco' sobre Prost)
13/14

Foto de: Jean-Francois Galeron

E 1991.

E 1991.
14/14

Foto de: Sutton Motorsport Images

Siga o Motorsport.com Brasil no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube

Próximo artigo
Após 'treta' com Vettel, Leclerc diz: "Objetivo é ganhar do meu companheiro"

Artigo anterior

Após 'treta' com Vettel, Leclerc diz: "Objetivo é ganhar do meu companheiro"

Próximo artigo

Ricciardo chega a acordo com ex-empresário em processo de R$ 50 milhões

Ricciardo chega a acordo com ex-empresário em processo de R$ 50 milhões
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Japão
Autor Jonathan Noble