F1: Alonso detona comissários do GP dos Estados Unidos por falta de critério

Piloto critica decisão da direção de prova em Austin de não mandarem Raikkonen o devolver a posição em ultrapassagem fora dos limites de pista

F1: Alonso detona comissários do GP dos Estados Unidos por falta de critério

Fernando Alonso não completou o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1 deste domingo (24) por danos na sua asa e teve, mais uma vez, problemas com os comissários. O espanhol protagonizou disputas com Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi, onde ele e o italiano tiveram que devolver posições um para o outro, mas sem acontecer o mesmo com o finlandês.

Para o piloto da Alpine, foi mais um episódio de falta de critérios da direção de prova, algo criticado por ele com mais ênfase antes da etapa da Turquia, quando disse que a nacionalidade era um fator decisivo nas punições.

Leia também:

"Acho que Kimi me ultrapassou por fora na Curva 1, fiz o mesmo com Giovinazzi e tive que devolver a posição. Então, ele me ultrapassou por fora e teve dar o lugar de volta, é claro", relembrou Alonso ao DAZN nas entrevistas após a corrida. "Foram três incidentes exatamente iguais, mas dois foram decididos de um jeito e um de outro. Perdi cerca de dez segundos com isso. Eu poderia facilmente ter sido o nono colocado."

"Viemos para os Estados Unidos para dar a eles um bom show da F1 e acho que fizemos um pouco de... nah, não demos uma boa impressão", acrescentou.

O bicampeão ainda lembrou de um episódio no GP da Rússia, quando escapou na Curva 1, voltou à pista por fora dos limites demarcados e isso virou assunto de debate entre os comissários, os fãs e a mídia.

"Na volta inicial [em Austin] vimos que na saída da primeira curva não há mais os problemas de Sochi, porque eles [pilotos] correram por fora", comentou Alonso. "Eu fiz isso na Rússia e houve um drama. Então espero que haja muitas perguntas para quem fez dessa vez."

Questionado se acredita que a direção de prova terá critérios 'unificados', ele foi claro: "Acho que não. Este esporte é assim, para o bem ou para o mal. Gostamos e amamos porque é assim, mas sabemos que nem sempre será justo para todos."

F1 AO VIVO: Verstappen SEGURA Hamilton após GUERRA ESTRATÉGICA e vence em Austin; veja análise do GP | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Horner comemora vitória "saborosa" sobre Mercedes e diz que não esperava que Verstappen segurasse Hamilton
Artigo anterior

F1: Horner comemora vitória "saborosa" sobre Mercedes e diz que não esperava que Verstappen segurasse Hamilton

Próximo artigo

F1: Wolff elogia estratégia da Red Bull em Austin, que Mercedes "não pôde igualar"

F1: Wolff elogia estratégia da Red Bull em Austin, que Mercedes "não pôde igualar"
Carregar comentários