F1 - AlphaTauri vota contra mudança da regra de limite de gastos: devem ser feitas de maneira adequada

2021 marca primeiro ano em que categoria corre com novo teto orçamentário e regulamentos financeiros

F1 - AlphaTauri vota contra mudança da regra de limite de gastos: devem ser feitas de maneira adequada

O chefe dada AlphaTauri, Franz Tost, disse que as mudanças nos regulamentos financeiros na Fórmula 1 devem ser feitas "de maneira adequada", após votar contra as penalidades esportivas na semana passada.

A temporada de 2021 da F1 marca o primeiro ano em que a categoria está correndo com um novo teto orçamentário e regulamentos financeiros, limitando cada equipe a gastar US $145 milhões ( R$ 758 milhões). 

Leia também:

Dentro dos regulamentos financeiros, a F1 tem autoridade para sancionar as escuderias por meio de penalidades financeiras e esportivas por eventuais violações.

No entanto, foi divulgado na semana passada que as discussões sobre a introdução de penalidades esportivas fizeram com que três equipes - AlphaTauri, Red Bull e Ferrari - não mostrassem seu apoio.

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, explicou mais tarde que a Scuderia queria mais clareza antes que pudesse dar seu apoio à mudança, mas que ele não era contra o uso de penalidades esportivas. 

O dirigente da AlphaTauri, Tost, concordou com os comentários de Binotto na sexta-feira, dizendo que a responsabilidade agora é da FIA esclarecer as mudanças propostas.

"É muito claro, esta é uma mudança durante a temporada, e o que pedimos é apenas um esclarecimento, e esperamos agora até que a FIA apareça com isso", disse Tost quando questionado pelo Motorsport.com sobre a posição da AlphaTauri sobre o assunto.

“Aí decidiremos como continuar. Não quero entrar em detalhes aqui, porque como você sabe, este é um conteúdo confidencial."

"A AlphaTauri não é contra o limite de custo ou contra qualquer alterações no limite de custo."

“Mas tem que ser feito de maneira adequada, e nós simplesmente precisamos definir em detalhes o que a FIA quer com isso. Por isso, solicitamos esse esclarecimento”.

As conversas entre as equipes e a FIA sobre os ajustes propostos nos regulamentos financeiros devem continuar nas próximas semanas.

Outra área que está sendo discutida pelos times no momento se refere a um teto salarial proposto para os pilotos.

Tost tem sido uma das principais vozes que pedem a mudança e disse na sexta-feira que considerava um bom ponto de partida uma soma de "30 milhões para ambos os pilotos".

“Isso está em discussão e depende, como sempre, de quantos recursos financeiros as diferentes equipes têm e em que direção iremos”, disse.

Sua sugestão foi apoiada pelo chefe da Aston Martin, Otmar Szafnauer, mas o dirigente da Haas, Gunther Steiner, sentiu que "muito mais trabalho" seria necessário antes que algo pudesse ser proposto.

ThePlayer.com, a maior comunidade de apostas esportivas do mundo, está lançando o Desafio F1, o fantasy game que promete agitar a internet e distribuir muitos prêmios.

Para participar, basta se inscrever no ThePlayer.com e entrar na página do Fantasy, clicando aqui. Os vencedores serão conhecidos durante o programa PÓDIO MOTORSPORT, transmitido ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube.

F1 AO VIVO: Mercedes DOMINA os treinos livres para o GP da Espanha; veja o DEBATE | SEXTA-LIVRE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #103: TELEMETRIA - Tudo sobre o GP da Espanha com Rico Penteado

 

compartilhar
comentários
F1: Hamilton diz que é "incrível" ver evolução de McLaren, Ferrari e Alpine
Artigo anterior

F1: Hamilton diz que é "incrível" ver evolução de McLaren, Ferrari e Alpine

Próximo artigo

F1 avalia impacto do GP da Turquia após país ser colocado na lista vermelha do Reino Unido

F1 avalia impacto do GP da Turquia após país ser colocado na lista vermelha do Reino Unido
Carregar comentários