F1: Bottas aponta favorito no duelo entre Hamilton e Russell na Mercedes

Para antigo companheiro do heptacampeão na equipe, não há ninguém que consiga o vencer no mesmo carro no momento - e crê que será igual em 2022

F1: Bottas aponta favorito no duelo entre Hamilton e Russell na Mercedes
Carregar reprodutor de áudio

Depois de três temporadas como piloto de Fórmula 1 da Williams, George Russell substituirá Valtteri Bottas na Mercedes em 2022, tornando-se assim o novo parceiro de Lewis Hamilton, que começará a temporada mais faminto do que nunca após ser derrotado por Max Verstappen na final de 2021.

Esse movimento tem causado opiniões diferentes nos últimos meses: alguns acreditam que o jovem britânico conseguirá pressionar o compatriota, mas também há quem pense o contrário, garantindo que o jovem não terá muitas chances contra o heptacampeão.

Leia também:

Em recente entrevista ao The Sun, Bottas, que deixou a Mercedes e foi para a Alfa Romeo, também comentou sobre o assunto e ressaltou que ainda não acredita muito em um sucesso imediato de Russell. Na opinião dele, será quase impossível vencer Hamilton no momento.

"Não vejo ninguém que possa vencer Lewis em um futuro próximo ao volante de um carro como o dele", disse o finlandês. "George será capaz de se adaptar bem à equipe, já que ele é piloto da academia há vários anos, mas vencer Lewis não é fácil - eu mesmo experimentei isso."

"Sua consistência ao longo da temporada é praticamente impossível de igualar. Por exemplo, mesmo quando ele tem um dia ruim, não significa que vai cometer um erro. Seu nível médio de desempenho é sempre muito alto, em todas as situações."

"Outra das principais características de Lewis é sua capacidade de se adaptar a diferentes condições, seja uma mudança na configuração do carro ou no clima. A habilidade em gerenciar pneus também é especial e, como outras, está muito incorporada em seu talento."

"Posso me orgulhar de ter sido capaz de vencê-lo em determinado momento, mas não foi o suficiente para conquistar o título no final da temporada", concluiu.

George Russell, Lewis Hamilton, Mercedes

George Russell, Lewis Hamilton, Mercedes

Photo by: Mercedes AMG

Durante suas cinco temporadas na Mercedes, Bottas conseguiu chegar à frente de Hamilton em algumas ocasiões, mas nunca triunfou na classificação geral ou chegou à última corrida com chance de lutar pelo título de pilotos. Na verdade, estava bem longe disso.

Como exemplo, em 2017 e 2021 terminou em terceiro no campeonato, enquanto em 2018 não conseguiu passar do quinto lugar geral, sendo também superado por pilotos de equipes rivais.

Com a chegada de Russell, espera-se que Hamilton tenha um rival que possa lutar contra ele em todos os eventos. De fato, o próprio Lewis parece estar trabalhando para que o jovem seja o único a substituí-lo na categoria mais alta do automobilismo, ajudando-o de todas as maneiras possíveis diante de sua primeira temporada de total demanda com a Mercedes na F1.

MERCEDES nova, Red Bull/PORSCHE, Ferrari 2022 NA PISTA e a importância do 'SUMIÇO' de Hamilton da F1

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #162: Quais outras rivalidades podem implodir na F1 em 2022?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Russell diz que carro da Mercedes condiz com testes no simulador
Artigo anterior

F1: Russell diz que carro da Mercedes condiz com testes no simulador

Próximo artigo

F1: Schumacher apresenta capacete para temporada 2022; veja imagens

F1: Schumacher apresenta capacete para temporada 2022; veja imagens