Bottas: "Pit stop cedo foi para aproveitar erro da Red Bull com Pérez"

Finlandês saiu à frente do mexicano após uma parada lenta da equipe austríaca, que permitiu a Mercedes fazer o undercut

Bottas: "Pit stop cedo foi para aproveitar erro da Red Bull com Pérez"

Valtteri Bottas conquistou o segundo melhor tempo na classificação para o GP da Estíria de Fórmula 1 no sábado, mas caiu para o quinto lugar no grid devido a uma penalidade por direção perigosa após rodar nos boxes no treino de sexta-feira. No entanto, isso não o impediu de disputar o pódio na corrida.

O finlandês subiu para quarto na volta 11, ao ultrapassar Lando Norris, e começou a perseguir Sergio Pérez pela terceira colocação antes da primeira parada. A Red Bull tentou sair na vantagem e chamou seu piloto aos boxes antes da Mercedes, mas uma parada lenta permitiu que a equipe alemã saísse na vantagem.

Leia também:

Bottas fez o pit stop uma volta depois, retornou à frente do mexicano e manteve a diferença estável com um desempenho consistente para garantir o pódio, mesmo com a estratégia da RBR de chamar Pérez mais uma vez para troca e colocar compostos médios novos.

“Eu fui seguido de perto por ele até a última volta e pude vê-lo nos espelho”, disse o piloto sobre a disputa. "Acho que ele estava a 1s5. No final da corrida, estava meio segundo, mas não dá para ultrapassar nos setores 2 e 3. Então, quando eu passei pelo primeiro sem nenhum erro com os pneus ruins que tinha, sabia que deveria conseguir.”

O piloto lutou com o desgaste dos compostos e revelou que a Mercedes não planejou trazê-lo tão cedo, mas queria aproveitar ao máximo o deslize de Red Bull.

“Como equipe, fizemos um bom trabalho para ficar à frente dele”, disse Bottas. "Eles tiveram um pit stop lento e nós fomos bastante reativos, parando naquele momento, embora não estivéssemos planejando fazer isso tão cedo.Pelo menos tiramos alguns pontos deles.”

 

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Questionado pelo Motorsport.com sobre o desempenho do finlandês na Estíria, o chefe da equipe, Toto Wolff, o elogiou por ter feito um "primeiro stint perfeito".

“[Estava] controlando seu pneu enquanto era rápido”, disse. “Foi realmente em uma situação perfeita e dá para ver que sem a penalidade seria melhor, sem dúvida. Dito isso, Lewis [Hamilton] e Valtteri tinham o mesmo arsenal, e isso não foi o suficiente para vencer Max [Verstappen].”

Bottas concordou que a corrida deixou "muito claro" que a Red Bull tinha a vantagem sobre a Mercedes na Áustria: "Pelo menos hoje, nesta pista, eles são mais rápidos rápidos”, disse o piloto. Além disso, o Checo estava me pressionando muito. Se quiséssemos tentar acompanhá-los, não teríamos um bom gerenciamento de pneus. Definitivamente posso sentir que são mais velozes na reta.

"Acho que eles têm um pacote um pouco mais eficiente no geral. Então, sim, temos trabalho a fazer", concluiu.

F1 AO VIVO: Verstappen DOMINA o GP DA ESTÍRIA, com Hamilton em um DISTANTE segundo | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Sequência de corridas até férias da F1 será chave para campeonato?

 

compartilhar
comentários
F1: Verstappen explica problemas de freio durante GP da Estíria
Artigo anterior

F1: Verstappen explica problemas de freio durante GP da Estíria

Próximo artigo

F1: Red Bull é avisada pela FIA que comemoração de Verstappen com burnout "não será tolerada novamente"

F1: Red Bull é avisada pela FIA que comemoração de Verstappen com burnout "não será tolerada novamente"
Carregar comentários