F1: Hamilton não se preocupa com quilometragem baixa da Mercedes na pré-temporada

Equipe alemã foi a que menos andou entre os dois dias, completando 162 voltas contra 257 da Alpine

F1: Hamilton não se preocupa com quilometragem baixa da Mercedes na pré-temporada

A Mercedes teve um começo de pré-temporada da Fórmula 1 abaixo do esperado, com problemas no câmbio causando atraso no programa de testes e mais problemas com Lewis Hamilton na manhã deste sábado, antes de Valtteri Bottas colocar a equipe na ponta ao final do segundo dia. Para o heptacampeão, a falta de quilometragem que esses problemas causaram não é algo que deva preocupar a equipe neste momento.

Hamilton conseguiu fazer 58 voltas na manhã, mas perdeu tempo de pista quando acabou indo parar na brita, causando uma bandeira vermelha. Ele foi o 15º no combinado do dia.

Leia também:

Apesar de um dia mais produtivo, a Mercedes segue sendo a equipe que menos rodou no Bahrein, com 162 voltas entre os dois dias. Na liderança, está a Alpine, com 257. Mas Hamilton rechaçou sugestões que a equipe poderia estar em problemas com esses atrasos.

"Esse é apenas o segundo dia de testes e estamos focados em nosso trabalho", disse Hamilton antes de Bottas iniciar suas voltas à tarde. "Acho que estamos focados em entender o carro. Não motivos para preocupação. Todos estão focados em seus programas. Nós também".

Hamilton disse que o W12 é "praticamente o mesmo", mas que ficou feliz com as condições de pista após a tempestade de areia ontem. Ele explicou como que o vento o levou a rodar na curva 13, causando a bandeira vermelha.

"Hoje o vento estava diferente. Com isso, a pista também estava. Alguns lugares que eu podia acelerar mais ontem, hoje não tinha como. A traseira não é a ideal ainda após essa mudança no regulamento e estamos buscando encontrar o ajuste correto".

Hamilton e Bottas voltam ao carro amanhã para fechar a pré-temporada e a Mercedes também planeja um dia de filmagem no Bahrein antes do GP no fim do mês. Perguntado sobre o quão útil o teste é para que a equipe possa encontrar onde melhorar os problemas, o heptacampeão disse: "Comparado com o passado, tem sido menos útil".

"Fizemos o que, 60 voltas? E Valtteri, que está para sair, fez mais ou menos o mesmo, então não se compara com outros testes, mas estamos tentando ser o mais eficiente possível".

"Temos menos quilometragem que os outros, como as Red Bulls. Estamos tentando focar em nosso programa, tentando fazer o melhor possível".

PRÉ-TEMPORADA F1: Verstappen, Mercedes e por que Band bateu Globo

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

compartilhar
comentários
F1: Bottas voa na hora final e termina como o mais rápido do sábado no Bahrein

Artigo anterior

F1: Bottas voa na hora final e termina como o mais rápido do sábado no Bahrein

Próximo artigo

Lendário narrador da F1, Murray Walker morre aos 97 anos

Lendário narrador da F1, Murray Walker morre aos 97 anos
Carregar comentários