Fórmula 1 GP da Cidade do México

F1: Com problemas elétricos, Pérez vê quali como “bagunça total”

Mexicano também afirmou que vai ser agressivo na largada para ter chances de vencer em casa

Sergio Pérez chamou a classificação para a corrida da Fórmula 1 em casa no México de “uma bagunça total” depois que um problema elétrico com seu carro o comprometeu durante a sessão.

O piloto ficou sem informações em seu painel, incluindo tempos de volta, e no final ele ficou aliviado ao se recuperar para conquistar o quarto lugar no grid para a corrida de domingo.

Leia também:

A questão elétrica também criou um problema de DRS que o deixou em sétimo no Q1, embora esse problema tenha sido corrigido nas sessões posteriores.

Ele então passou pelo Q2 em quinto lugar antes de melhorar em um ponto na parte final da qualificação.

"Foi uma bagunça, uma bagunça total", disse ele sobre a classificação. “Tivemos um problema elétrico desde o início, mas, se eu olhar para trás na minha qualificação, quase fui nocauteado no Q1, quase no Q2, não tinha referência ao progresso, não tinha tempos de volta.

"Às vezes eu também não conseguia descobrir onde estava com meu equilíbrio de freios. Então foi uma bagunça total, mas no final acho que P4 não foi a pior parte, mas acho que certamente poderíamos ter sido muito melhores."

Questionado pelo Motorsport.com sobre seu problema de DRS no Q1, Pérez disse: “Foi tudo a ver com o problema elétrico que tivemos durante a classificação.

"Basicamente eu não tinha nenhuma referência com tempos de volta e assim por diante. O DRS voltou, a única coisa que não voltou foi minha parte elétrica. Eles estão confiantes de que podem resolver isso para a corrida."

Sergio Perez, Red Bull Racing

Sergio Perez, Red Bull Racing

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Pérez admitiu que foi particularmente doloroso suportar uma sessão tão difícil em seu evento em casa.

"Obviamente, se há uma qualificação que você quer ter tudo perfeito, é esta, especialmente considerando o quão perto estávamos da pole, acho que certamente teríamos progredido muito mais do que fizemos", disse ele.

Mas Pérez reconheceu que poderia usar o tradicional vácuo para ganhar terreno na primeira volta.

"Acho que há muitas coisas que podemos fazer para amanhã, por isso vamos tentar o nosso melhor", acrescentou.

"Amanhã eu só quero vencer e vou fazer o meu melhor na curva 1 e ver o que acontece."

Questionado se será agressivo, ele disse: "Sim. Principalmente na curva 1. Porque, depois disso, pode ser um pouco caótico."

Q4: Assista DEBATE sobre quali no Hermanos Rodríguez e repercussão dos BASTIDORES no MÉXICO

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate: quem poderá parar a Red Bull e Verstappen na Fórmula 1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Verstappen define volta da pole como “decente” mesmo com baixa aderência da pista
Próximo artigo F1: Confira horários e previsão do tempo para domingo do GP do México

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil