F1 - Cutucada na Red Bull? Para Wolff, se equipe viola teto orçamentário um ano, "viola dois, três"

FIA investiga se Red Bull estourou o teto orçamentário previsto para 2021, marcado pela disputa entre o time austríaco e a Mercedes

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes AMG

O assunto do dia no paddock da Fórmula 1 é a possível violação do teto orçamentário de 2021 por Red Bull e Aston Martin, que está sendo investigado pela FIA. E o chefe da Mercedes, Toto Wolff, não deixou de comentar, dando uma cornetada na rival do ano passado, afirmando que, quem estoura o teto de gastos uma vez pode fazer mais vezes.

O chefe da Mercedes ainda defendeu que a FIA e seu presidente, Mohammed ben Sulayem, precisam tomar um posicionamento forte, mostrando "integridade e liderança" caso a violação seja confirmada.

Leia também:

A FIA deve divulgar na próxima semana os certificados que confirmam que as equipes operaram dentro do teto orçamentário em 2021. Mas fontes do paddock indicam que nem todas fizeram isso, com Red Bull e Aston Martin estourando o limite.

O regulamento financeiro contém uma lista de potenciais penalizações para violações "menores" e "materiais" (veja no fim da nota vídeo explicando as punições por violação do teto de gastos).

Enquanto acredita-se que o caso da Aston Martin entre nas violações menores, de menos de 5% acima do teto, o da Red Bull pode estar acima dos 5%, podendo acarretar punições mais duras. Entre as sanções previstas há até mesmo a "exclusão do campeonato".

A situação é vista pelo paddock como um teste significativo para Sulayem e sua equipe, já que um excesso de gastos em 2021 teriam benefícios não somente no campeonato de 2021 como também no desenvolvimento dos carros deste ano.

Wolff, que discutiu o assunto ao lado de Mattia Binotto na sexta-feira em Singapura, defende que a FIA precisa ir com tudo pra cima se comprovado que uma equipe excedeu o teto.

"O teto orçamentário é provavelmente a evolução mais importante do regulamento para manter um grid nivelado", disse. "E para permitir que equipes que não tenham o mesmo orçamento alcançarem, limitando os gastos dos times de ponta. Então é muito importante termos uma demonstração de que esse regulamento está sendo policiado".

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes AMG

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes AMG

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

"E não tenho motivos para acreditar de forma diferente. A FIA, particularmente Mohammed, mostrou um posicionamento forte em garantir o cumprimento de todos os tipos de regulamentos. Então acho que, se estamos falando de algo grande, ele mostrará a mesma integridade e liderança que já mostrou antes".

Questionado se a potencial violação da Red Bull comprometeu a batalha do ano passado, Wolff evitou entrar em detalhes, mas não deixou de cutucar a rival.

"Não tenho informação neste momento se houve a violação, quanto foi violado. E, obviamente, se você viola um ano, provavelmente você está violando por um segundo ano, e potencialmente um terceiro".

"E assim que isso for resolvido, tenho certeza de que teremos muitas discussões, sobre qual será o efeito disso. Mas ainda é cedo demais para comentar".

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast #197 - Na berlinda, qual será o futuro de Ricciardo e Schumacher?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Mesmo com liderança no primeiro treino, Hamilton pondera sobre W13: "Pulando como um louco"
Próximo artigo F1: Quais punições Red Bull e Aston Martin podem receber se confirmada a violação do teto orçamentário?

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil