F1: Ecclestone acredita em sucesso de Vettel na Aston Martin

Ex-chefe da F1 considera que mau desempenho do alemão em 2020 estava relacionado à falta de afeto da Ferrari

F1: Ecclestone acredita em sucesso de Vettel na Aston Martin

Bernie Ecclestone acredita que Sebastian Vettel encontrará seu lugar em 2021 com a Aston Martin e que o mau desempenho do alemão com a Ferrari no ano passado estava relacionado à falta de afeto por parte da equipe italiana. 

Ecclestone não se esquivou completamente da Fórmula 1 depois que Liberty Media assumiu a categoria que o britânico liderava até 2017- em partes porque seus comentários sempre geram algum ruído no paddock.

Leia também:

O ex-chefe da F1 expressou recentemente o que pensa sobre a temporada de 2021, que terá início neste final de semana no Bahrein.

Ecclestone começou comentando sobre o novo piloto da Aston Martin, Sebastian Vettel. O britânico considera que o mau desempenho do tetracampeão mundial na última campanha com a Ferrari esteve relacionado à falta de afeto por parte da equipe de Maranello.

"O melhor que Sebastian pode fazer é esquecer seu passado na Ferrari", disse recentemente à emissora alemã Sport 1.

“Isso pode trazê-lo de volta à sua força anterior, aos seus níveis de desempenho. Muitos não sabem, mas Sebastian é muito sensível. Ele adora se sentir amado e não teve mais esse sentimento na Ferrari."

"Vettel não estava feliz e não tinha todo o apoio. Ele provavelmente estava um pouco chateado. Não que ele estivesse desapontado com a vida e não quisesse mais ser o velho Vettel, mas que tinha que estar na equipe certa."

“Acho que agora ele está no time certo (Aston Martin). Eu acredito que você terá sucesso lá. Eu ficaria muito desapontado se você não fizesse isso."

Em relação à temporada de 2021, Ecclestone destacou que a F1 deve encontrar um caminho para que os resultados a favor da Mercedes não sejam tão previsíveis, algo que, segundo ele, já discutiu com o próprio chefe da equipe alemã Toto Wolff.

“Ele conhece meus pensamentos e meus sentimentos. A Mercedes fez um ótimo trabalho para a Fórmula 1, mas eu gostaria de voltar ao passado, quando a Ferrari ou a Red Bull dominavam ", disse.

“Quando você vai para as corridas agora, sabe que quem largar da pole provavelmente vai ganhar o GP e isso não está certo. A Mercedes é dominante, o que não é culpa dela, pelo contrário, tem funcionado muito bem. Mas acho que devemos tornar mais fácil para os outros serem competitivos, sem alterar o esporte", concluiu. 

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

SÉRGIO MAURÍCIO sobre F1 na BAND: "O diferencial será fazer o que a Globo vinha deixando de fazer"

PODCAST: Mercedes pode ter reinado derrubado após dificuldades vistas na pré-temporada?

 

compartilhar
comentários
F1: Williams nomeia ex-VW como diretor técnico para 2021

Artigo anterior

F1: Williams nomeia ex-VW como diretor técnico para 2021

Próximo artigo

Podcast #094 – Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?

Podcast #094 – Temporada 2021 marca nova era na cobertura do esporte a motor na TV?
Carregar comentários