F1: Vettel afirma que está "em paz" com saída da Ferrari e que mantém pressão por resultados

O tetracampeão da F1 fez sua primeira aparição como piloto da Aston Martin e falou sobre os desafios para 2021 e analisou seus últimos anos na Ferrari

F1: Vettel afirma que está "em paz" com saída da Ferrari e que mantém pressão por resultados

Sebastian Vettel fez sua primeira aparição oficial como piloto da Aston Martin na Fórmula 1 nesta quarta-feira (03), durante o lançamento do AMR21, carro de 2021. O tetracampeão se mostrou animado e com muita vontade de ajudar a equipe a progredir. Por isso, ele mesmo afirma que a pressão por resultados não mudou, mesmo que tenha saído da Ferrari.

Depois de duas temporadas para esquecer na Ferrari, Vettel reconhece que não estava em seu melhor nível e que é o seu pior critico. Por isso, já deixou claro que segue colocando em si a mesma pressão dos anos com a Ferrari.

Leia também:

"Obvimente é um carro completamente novo para mim, uma filosofia completamente diferente. Passei muito tempo com os engenheiros buscando entender todas as diferenças, não apenas tecnicamente, mas nos procedimentos também. Espero que não leve muito tempo para me acostumar".

"Acredito que ainda há muito que fazer, muito trabalho pela frente como equipe, mas a emoção é a melhor resposta para esse momento".

Perguntado se deixou para trás a Ferrari e toda a política que o cercou nos últimos anos e se isso o permitirá aproveitar mais o momento, Vettel deixou claro que a pressão não diminuiu.

"Não acredito que exista uma relação entre pressão e curtir. É possível curtir quando existe pressão. Eu mesmo coloco muita pressão e expectativa em mim mesmo. Por isso nada muda. A satisfação de cruzar a linha de chegada e ver que fez um bom trabalho... você precisa ser o seu primeiro e maior crítico".

"Falando de pressão, adoraria ter uma tonelada de pressão sobre mim e poder lutar pelo título. Obviamente para nós é um ano e uma situação diferente. Um grande desafio, que aceitamos".

Vettel voltou a insistir que seu 2020 foi "desafiante" e que não ficou contente com o rendimento em seu último ano com a Ferrari, mas que não possui remorsos.

"Sinceramente, não foi apenas o final do ano. Foi o ano todo. Foi desafiante e não estou contente com o que aconteceu, em termos de rendimento, mas aceito e não possui nenhum remorso. Obviamente há coisas que não saíram do jeito que queria e outras foram melhores. Mas agora estou empolgado com este ano".

"Sei que não estive à altura dos meus padrões, isso é o que importa. Nunca me importei com o que as pessoas falam ou escrevem. Por isso acredito que o importante é que eu esteja em paz com isso e, como disse, estou desejando o início deste ano porque tenho expectativas altas".

Perguntado se será capaz de adaptar o carro ao seu estilo de pilotagem já desde a pré-temporada e o que esperar da Aston Martin neste ano, Vettel foi cauteloso.

"Não sei. Cada carro se comporta de maneira diferente. Você se adapta a tudo isso. É um ano diferente porque as regras mudaram mas nem tanto, e o ano que vem será uma revolução. Então é importante ver como todos vão lidar com o gasto de recursos para este ano e o próximo".

ASTON MARTIN 2021: O carro verde de Vettel e os planos da volta da marca à F1

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

compartilhar
comentários
F1 considera não realizar pódio em corridas aos sábados para evitar desvalorização de GPs
Artigo anterior

F1 considera não realizar pódio em corridas aos sábados para evitar desvalorização de GPs

Próximo artigo

Porsche e Grupo Volkswagen analisam possível entrada na F1 a partir de 2025

Porsche e Grupo Volkswagen analisam possível entrada na F1 a partir de 2025
Carregar comentários