F1: Entenda o que é permitido e proibido nas férias da categoria

Fábricas devem fechar por 14 dias e equipes não podem fazer melhorias no carro; setores de comunicação, financeiro, marketing e jurídico podem trabalhar

F1: Entenda o que é permitido e proibido nas férias da categoria

Nas férias de verão europeias entre os GPs da Hungria e da Bélgica de Fórmula 1, o trabalho nos carros percorre por 15 dias e as fábricas são fechadas no resto, mas o que exatamente é esse período? O que é permitido e o que não é? É realmente controlado? Neste artigo, respondemos a essas perguntas.

Leia também:

Quanto tempo dura o fechamento no verão?

O fechamento obrigatório das fábricas para as equipes durante as férias de verão dura 14 dias consecutivos. É, portanto, um período de tempo ininterrupto e não pode ser dividido, por exemplo, em dois de uma semana. O fato de todas as equipes cumprirem isso significa que ninguém pode obter uma vantagem competitiva.

Por que as fábricas das equipes de F1 fecham no verão?

Essa pausa obrigatória tem como objetivo principal proteger as equipes, especialmente os funcionários. A carga de trabalho na Fórmula 1 é muito alta e as escuderias procuram aproveitar ao máximo cada minuto do dia. As férias de verão foram introduzidas para dar ao pessoal uma pausa muito necessária. Entre a primeira prova de inverno, em março, e o final da temporada, em dezembro, mal dá tempo de parar nas boxes e recuperar as forças. É também uma questão financeira: algumas semanas sem produção reduzem significativamente os custos.

O que pode ser feito durante o fechamento da F1?

O trabalho não para por completo durante as férias de verão. Você não pode forçar um engenheiro ou designer a não pensar em novos desenvolvimentos durante o período. No entanto, não há permissão para compartilhar essas ideias com os colegas por meio do e-mail profissional ou telefone. Isso ocorre porque o uso de e-mail e telefone comerciais não é permitido. Hoje, todo mundo tem um celular, então você sempre pode contornar as regras. E conhecendo a Fórmula 1, certamente haverá equipes que o fazem.

No entanto, a maioria dos funcionários anseia por um período de duas semanas sem ver os companheiros, sem problemas ou questões relacionadas ao trabalho, e usará esse tempo para recarregar as baterias e passar tempo com suas famílias.

De qualquer forma, existem algumas coisas que podem ser trabalhadas. Trata-se, sobretudo, de instalações: permite-se a manutenção do edifício, a construção ou melhora de estruturas informáticas, remodelação de escritórios ou aplicação de uma nova demão de tinta. Há alguns anos, a Renault instalou um novo sistema CFD (em inglês: Fluidodinâmica computacional) durante o intervalo. A manutenção do túnel de vento também é permitida. Muitas equipes fazem isso durante esse período, pois leva tempo e horas valiosas não são perdidas.

O que não é permitido durante as férias de verão da F1?

Resumindo, todo trabalho relacionado ao uso de carros de corrida ou melhoria de desempenho não é permitido. A concepção e produção de peças (antigas ou novas), a montagem e desmontagem de automóveis e a utilização de túnel de vento ou CFD são alguns dos elementos não permitidos. As partes afiliadas também não podem produzir ou desenvolver componentes durante o hiato, embora isso seja muito mais difícil de controlar.

No plano administrativo, as coisas também param. Tudo que tem a ver com as atividades da categoria, como reservar voos e hotéis, organizar hospitalidades, entre outras, não é permitido. No entanto, o departamento financeiro pode funcionar normalmente e pagar salários e contas. Os departamentos de comunicação, marketing e jurídico também podem seguir trabalhando. Apesar disso, muitos times optam por dar-lhes uma folga também.

A FIA controla as equipes durante as férias de verão?

Não, a FIA não controla o fechamento de fábricas ou a conclusão de qualquer obra. Há um acordo de cavalheiros entre as escuderias para confiar no bom comportamento umas das outras. Além disso, o esporte é grande o suficiente para que qualquer infração sempre venha à tona. Afinal, há muitas mudanças de pessoal. O risco é muito grande para uma equipe continuar trabalhando em segredo.

Essas regras também se aplicam aos fabricantes de motores da F1?

Sim, o fechamento do verão também se aplica aos fabricantes de motores. Essa regra foi introduzida em 2020, mas em anos anteriores eles eram autorizados a continuar trabalhando durante o verão.

F1: Conheça a INCRÍVEL história da PRISÃO de MIKA HAKKINEN horas antes do GP da Grã-Bretanha

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Luciano Burti abre o jogo sobre F1, Globo e ausência na Band

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
ANÁLISE: Qual equipe da Fórmula 1 mais evoluiu de 2020 para 2021 em números?
Artigo anterior

ANÁLISE: Qual equipe da Fórmula 1 mais evoluiu de 2020 para 2021 em números?

Próximo artigo

Como se tornar um Engenheiro de Desempenho na F1 - Qualificações, habilidades e mais

Como se tornar um Engenheiro de Desempenho na F1 - Qualificações, habilidades e mais
Carregar comentários