Últimas notícias

F1: Equipes emitem nota conjunta em defesa de Toto e Susie Wolff

Esquadrões foram a público deixar claro que não fizeram nenhum tipo de denúncia à FIA

The Red Bull logo

The Red Bull logo

Lionel Ng / Motorsport Images

Quem inspirou a investigação da FIA contra Toto e Susie Wolff? Christian Horner, chefe da Red Bull na Fórmula 1, fez uma declaração à Sky Uk para explicar sua total falta de envolvimento no caso e, pouco tempo depois, todas as dez equipes publicaram um tweet se declarando fora da investigação.

Leia também:

As equipes ficaram do lado de Stefano Domenicali, CEO da F1, e da FOM, colocando o presidente da FIA Mohammed Ben Sulayem em uma situação difícil. A Federação Internacional foi encurralada em uma dura ação de demonstração. É uma guerra aberta entre a FOM e a FIA.

O que desencadeou a situação foi a notícia de que a FIA havia aberto uma investigação sobre um possível conflito de interesses envolvendo o casal Wolff, com Toto supostamente se beneficiando de algumas informações confidenciais da FOM que os outros diretores de equipe não poderiam saber.

Alguns pensaram que o intermediário poderia ser Susie Wolff, que, em sua função de CEO da F1 Academy (um campeonato fora da órbita da FIA, mas administrado diretamente pela Liberty Media), se reporta diretamente a Domenicali. A informação veio do Business F1, que geralmente é muito informado sobre os assuntos da categoria e houve quem especulasse que o inspirador do caso poderia ser Christian Horner.

 

O diretor da equipe da Red Bull, no entanto, fez uma declaração à Sky UK na qual negou enfaticamente qualquer envolvimento direto no caso, dando ao caso uma forte reviravolta. Além disso, as dez equipes de F1 tomaram uma posição, cada uma postando um tweet no qual excluíam seu envolvimento no caso, reconhecendo sua total confiança em Susie Wolff e se distanciando do que está se configurando como um confronto entre a FIA e a FOM, ou mais precisamente entre Mohammed Ben Sulayem e Stefano Domenicali.

"Podemos confirmar que não fizemos qualquer reclamação à FIA relativa à alegação de informação de natureza confidencial transmitida entre um chefe de equipe de F1 e um membro do staff da FOM. Estamos satisfeitos e orgulhosos de apoiar a F1 Academy e seu diretor administrativo através do nosso compromisso de patrocinar um participante com nossas pinturas na próxima temporada."

 
 

As fortes diferenças que vinham se acirrando sob as cinzas explodiram de forma retumbante em uma controvérsia que ameaça incendiar a F1. A posição unânime das equipes, no entanto, muda o cenário que poderia ter sido previsto ontem, isolando a Federação Internacional que teria começado com a investigação confiada ao Departamento de Compliance da FIA, sem que as partes fossem informadas sobre a investigação em andamento.

 
 
 
 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Norris esbanja otimismo e diz que está “100%” convicto que vencerá em 2024
Próximo artigo F1: Ferrari reforça departamento de engenharia com foco em 2024; saiba mais

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil