Últimas notícias
Fórmula 1 GP da Áustria

F1: Verdadeira 'alma' da Ferrari será revelada na Áustria

Equipe não conseguiu mostrar o potencial real durante o GP da Espanha, mas cenário deve mudar neste fim de semana

Ferrari SF-24 side detail

Foto de: Giorgio Piola

As decepções no Canadá e na GP da Espanha de Fórmula 1 esvaziaram um pouco a motivação de Charles Leclerc e Carlos Sainz, mas a análise dos dados feita na Ferrari mostra que o potencial do carro vermelho é maior do que o visto.

Leia também:

O fato interessante é que, a versão evoluída do SF-24 que estreou em Ímola, alguns problemas de correlação teriam surgido entre o túnel de vento e os sistemas de simulação e a pista. O crescimento do desempenho, mesmo com a última atualização trazida para Barcelona, não deu os resultados que a equipe técnica esperava. Tanto que, na Espanha, até a Mercedes colocou o 'focinho' na frente da equipe italiana, sugerindo que a Ferrari havia caída para a quarta força.

Fred Vasseur, chefe da equipe, nunca teve dúvidas em relação à qualidade das evoluções, tanto que está convencido de que veremos Scuderia mais competitiva no Red Bull Ring. É verdade que na Áustria há três retas ligadas por curvas lentas e o layout da pista não apresenta aquelas curvas longas e rápidas em que o SF-24 está mais em crise.

No Canadá, assim como em Barcelona, as duas Ferraris pareciam incapazes de dar o melhor de si, especialmente na classificação, para compensar as deficiências de um carro que, com a última atualização, mostrou o reaparecimento de saltos, o "bombeamento" em altas velocidades e uma súbita perda de carga aerodinâmica que tornou o carro imprevisível e difícil de ajustar.

Frederic Vasseur, Team Principal Scuderia Ferrari

Frederic Vasseur, diretor da equipe Scuderia Ferrari

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Se Fred, após a classificação, tivesse insinuado que havia algo faltando na volta rápida em Montmeló, dando a entender que os pilotos não contribuíram para o possível resultado, a leitura dos dados teria revelado, em vez disso, que Charles Leclerc e Carlos Sainz foram um pouco vítimas de um carro imprevisível demais e que o nervosismo resultante foi um efeito de um fim de semana que não foi na direção certa desde o início.

A Ferrari, portanto, vai para a Estíria com a intenção de apagar as dúvidas e incertezas: o desejo é explorar as qualidades do híbrido 066/12 em alta altitude (o Red Bull Ring fica a 700 metros acima do nível do mar), sem pagar por um déficit aerodinâmico que foi visto no Canadá e na Espanha toda vez que havia a necessidade de entrar e sair dos meios-fios.

O formato austríaco reintroduz a corrida Sprint com apenas uma sessão de treinos livres antes da classificação para a corrida, portanto, será crucial colocar um carro no chão que possa funcionar imediatamente.

Carlos Sainz, Ferrari SF-24, Charles Leclerc, Ferrari SF-24

Carlos Sainz, Ferrari SF-24, Charles Leclerc, Ferrari SF-24

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Não pode haver um carro que funcione com o mapa aerodinâmico correto, pagando um preço alto em termos de desempenho. A SF-24 teve um ritmo mais do que decente na última parte do GP da Espanha (perdeu alguns segundos para Max em cerca de vinte voltas, enquanto os outros vinte segundos já haviam sido acumulados anteriormente) e os mesmos números de telemetria garantem que há um potencial a ser extraído que é maior do que o que foi realmente visto na Catalunha.

Na Áustria, portanto, não veremos um nada de novo no carro da Scuderia: a tentativa será consolidar o pacote com novidades na parte inferior, no extrator e no design do 'corpo'. Até porque na semana seguinte, na etapa de Silverstone, mais novidades devem chegar. E se uma linha não for traçada, haverá o risco de perder ainda mais o fio da meada em um momento crucial da temporada.

Motorsport Business #13 – Como manter LEGADO de AYRTON SENNA com ANA SIMÕES, da Senna Brands

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #288 – A McLaren realmente chegou? Briatore arrumará Alpine com motores Mercedes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Aston Martin fecha com importante diretor da Ferrari, diz imprensa italiana
Próximo artigo F1: Lance Stroll renova com Aston Martin em novo acordo plurianual

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil