F1: Ferrari acredita que problema em carro de Leclerc está relacionado com batida na classificação

Embora a equipe tenha feito uma verificação regular do monoposto antes da corrida, eixo de transmissão esquerdo não foi inspecionado em detalhes

F1: Ferrari acredita que problema em carro de Leclerc está relacionado com batida na classificação

A Ferrari acredita que o eixo de transmissão avariado que impediu Charles Leclerc de largar no GP de Mônaco da Fórmula 1 foi de fato danificado em seu acidente de classificação - mas não foi verificado antes da corrida.

A equipe italiana retornou à sua base em Maranello na segunda-feira (24) para realizar uma investigação detalhada sobre o que aconteceu com Leclerc antes da largada em Mônaco.

Leia também:

A Scuderia havia liberado o carro do monegasco horas antes da corrida, mas o eixo de transmissão esquerdo falhou durante uma volta de reconhecimento pré-GP.

Sem tempo para consertar a peça, Leclerc foi impedido de largar e não pôde assumir sua pole position. 

O Motorsport.com entende que a investigação do problema do piloto da Ferrari concluiu que a falha foi uma consequência da batida que o monegasco sofreu no final do Q3.

E embora a equipe tenha feito uma verificação regular do monoposto antes da corrida para substituir as peças danificadas, o eixo de transmissão esquerdo não foi inspecionado em detalhes como parte desse processo.

Isso porque o time de Maranello quase não teve experiência de falhas nesta parte do carro antes, além do fato do impacto na classificação ter sido do lado direito.

No entanto, mesmo que essa área do monoposto estivesse na lista de verificação para uma inspeção visível, não está claro se teria sido 'pego' pela equipe antes da corrida.

Os dados da Ferrari sugerem que o eixo de transmissão esquerdo estava funcionando corretamente na abertura da primeira volta de Leclerc antes de falhar na curva 6.

No entanto, depois do ocorrido, a equipe agora revisará e melhorará seus processos de inspeção para garantir que, se houver circunstâncias repetidas no futuro, detectará melhor problemas semelhantes.

A Scuderia havia deixado claro no domingo que a falha no eixo de transmissão não estava relacionada à decisão continuar com a mesma caixa de câmbio do carro de Leclerc para a corrida.

O chefe da equipe, Mattia Binotto, disse: “A falha ainda teria acontecido, então não é uma questão de jogar com a caixa de câmbio”.

F1 2021: VERSTAPPEN vence em MÔNACO e assume a liderança em dia de PESADELO para HAMILTON | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #105 – O GP de Mônaco ainda é o ponto alto da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: McLaren diz que ajudará Ricciardo a "recalibrar" após resultado ruim em Mônaco
Artigo anterior

F1: McLaren diz que ajudará Ricciardo a "recalibrar" após resultado ruim em Mônaco

Próximo artigo

RETA FINAL: Clima esquenta entre Hamilton, Verstappen e RBR após Mônaco; veja debate

RETA FINAL: Clima esquenta entre Hamilton, Verstappen e RBR após Mônaco; veja debate
Carregar comentários