F1: Ferrari avalia ano de Schumacher e fala sobre seu futuro

Chefe da equipe Mattia Binotto diz que objetivo principal de alemão é o aprendizado e compara com outros pilotos da academia

F1: Ferrari avalia ano de Schumacher e fala sobre seu futuro

A Ferrari diz que está impressionada com o trabalho de Mick Schumacher em sua temporada de estreia na Fórmula 1, apesar de alguns erros naturais, e quer continuar o acompanhando no segundo semestre. O alemão, que é membro da academia da escuderia, tem um campeonato desafiador com o complicado carro da Haas.

Embora tenha mostrado maturidade e seja um jogador de equipe, o jovem piloto se envolveu em alguns incidentes com o companheiro Nikita Mazepin e teve uma grande batida nos treinos livres do GP da Hungria.

Leia também:

Depois de Schumacher ter conseguido seu melhor resultado da temporada com o 12º lugar em Budapeste, o chefe da Ferrari, Mattia Binotto, acredita que há sinais encorajadores de progresso que ele espera que possam continuar ao longo da segunda metade do ano.

"Mick está em seu primeiro ano na F1 pilotando pela Haas, acho que dissemos no início da temporada que o objetivo principal para ele era não pressionar, mas ter certeza de que estava aprendendo”, disse o mandatário de Maranello. "Portanto, 2021 deve ser importante em termos de evolução. Acho que, se olharmos para esse objetivo, está indo bem."

“Obviamente, tiveram erros, mas isso faz parte do processo. Eu acho que, no geral, podemos estar felizes. O importante é continuar se desenvolvendo e progredindo no segundo semestre, e estou confiante de que ele pode fazer isso", acrescentou.

Embora satisfeito com o progresso de Schumacher, Binotto diz que a Ferrari não pode estar tão satisfeita com os resultados de seus outros jovens da academia.

Na Fórmula 2, Robert Shwartzman está atualmente em terceiro na classificação, com duas vitórias até o momento, enquanto Marcus Armstrong ocupa a 14º colocação, sendo o melhor resultado um segundo lugar em Silverstone.

Mais abaixo, na F3, Arthur Leclerc está na oitava posição geral e conquistou apenas uma vitória até o momento, na França, e terminou na zona de pontuação três vezes em 12 corridas.

Refletindo sobre o desempenho da Ferrari Driver Academy, o chefe da escuderia disse: "Se eu olhar para os pilotos juniores, acho que não há dúvida de que, em termos de resultados, não é tão bom quanto o ano passado."

“Em 2020, principalmente na F2, tivemos ótimos resultados, o que não é o caso este ano. Portanto, acho que no geral não estamos tão felizes quanto antes."

Pietro Fittipaldi fala sobre reais chances na F1, além de Indy, Stock Car e estreia na Porsche Cup

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Ricciardo elogia jogos da F1 e diz que estão "cada vez mais próximos da realidade"
Artigo anterior

Ricciardo elogia jogos da F1 e diz que estão "cada vez mais próximos da realidade"

Próximo artigo

Como se tornar um chefe de equipe na F1, com Gunther Steiner

Como se tornar um chefe de equipe na F1, com Gunther Steiner
Carregar comentários