F1: Ferrari confirma Vasseur como novo chefe de equipe, sucedendo Binotto

Francês possui longa carreira no esporte, fundando uma das principais equipes das categorias de base, a ART Grand Prix

Frederic Vasseur, Team Principal, Alfa Romeo Racing and Mattia Binotto, Team Principal, Ferrari

Fim da novela: a Ferrari já possui o sucessor de Mattia Binotto. A marca italiana anunciou nesta terça-feira que Frédéric Vasseur será o novo chefe da equipe na Fórmula 1. O francês de 54 anos chega à montadora de Maranello após cinco anos na Sauber.

Vasseur ocupará a vaga deixada por Binotto, que anunciou sua saída do cargo no fim do mês passado. Seu cargo oficial será chefe de equipe e gerente geral, iniciando no próximo dia 09 de janeiro.

Leia também:

"Estou muito feliz e honrado por assumir a liderança da Scuderia Ferrari como chefe de equipe", disse. "Como uma pessoa que sempre amou o automobilismo, a Ferrari sempre representou o pináculo do esporte para mim".

"Mal posso esperar para trabalhar com a equipe talentosa e apaixonada de Maranello para honrar a história e a herança da Scuderia, entregando o melhor para nossos Tifosi pelo mundo".

"Estamos felizes em receber Vasseur na Ferrari como nosso chefe de equipe", disse o CEO Benedetto Vigna. "Ao longo de sua carreira, ele teve sucesso ao combinar suas forças técnicas como um engenheiro treinado com uma habilidade constante de tirar o melhor de seus pilotos e equipes. Essa abordagem e sua liderança é o que precisamos para levar a Ferrari adiante com energia renovada".

As primeiras notícias sobre a saída de Binotto e a chegada de Vasseur vieram da Itália na semana do GP de Abu Dhabi. A chegada de Vasseur vem em meio à busca da Ferrari pelo fim da seca de títulos, que dura desde 2007. Neste ano, a equipe viu seu desafio contra a Red Bull cair por terra.

A Ferrari vai se beneficiar da longa carreira de Vasseur no esporte, como cofundador da ART Grand Prix, importante equipe das categorias de base, que já contou com nomes como Lewis Hamilton, Charles Leclerc, George Russell e Nico Rosberg.

Leclerc também já teve Vasseur como chefe em sua estreia na F1 com a Sauber em 2018, tendo dito na semana passada que gosta de seu estilo de gerenciamento.


Frederic Vasseur, Team Principal, Alfa Romeo Racing Press Conference

Frederic Vasseur, Team Principal, Alfa Romeo Racing Press Conference

Photo by: FIA Pool

"Trabalho com Fred desde as categorias de base, onde ele acreditou em mim, e sempre tivemos um bom relacionamento. Mas, além disso, obviamente isso não deve influenciar nas decisões. Ele sempre foi muito direto, honesto. E eu gosto disso nele".

Em seu período na Sauber, que corre hoje com o nome de Alfa Romeo, Vasseur ajudou a equipe a dar a volta por cima após anos de problemas econômicos e incertezas. Neste ano, o time teve seu melhor resultado no Mundial em uma década, terminando em sexto nos Construtores, além de conquistar o acordo com a Audi para 2026.

VÍDEO: Ricciardo será sombra para Pérez na Red Bull?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: 'era Verstappen' tem prazo de validade na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior RETA FINAL: Dança das cadeiras dos chefes de equipe de F1, Rubinho bi da Stock e finais de F4, GTSR e HB20
Próximo artigo F1: Sauber confirma Seidl como novo CEO após saída da McLaren

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil