F1: Sauber confirma Seidl como novo CEO após saída da McLaren

O alemão retorna à Hinwil, tendo passado alguns anos na Sauber durante a parceria com a BMW

Press Conference Andreas Seidl, Team Principal, McLaren

A dança das cadeiras dos chefes de equipe na Fórmula 1 continua a mil nesta terça-feira (12)! Horas após a Ferrari confirmar a contratação de Frédéric Vasseur como novo chefe de equipe, a agora ex-equipe do engenheiro francês, a Sauber, anuncia a chegada de Andreas Seidl, encerrando um período de quatro temporadas à frente da McLaren.

Enquanto Vasseur acumulava os cargos de CEO e chefe de equipe, Seidl ficará apenas com a primeira função, ajudando a equipe na preparação para a chegada da Audi e do Grupo Volkswagen, com uma aquisição fracionada pelos próximos três anos. Ele também auxiliará a equipe na contratação do novo chefe de equipe.

Leia também:

Seidl já trabalhou com o Grupo VW, liderando o programa de LMP1 da Porsche, que venceu as 24 Horas de Le Mans em três ocasiões.

A saída de Seidl é mais uma peça no quebra-cabeças da dança dos chefes de equipe desde a confirmação da saída de Binotto da Ferrari. Na segunda-feira, a Williams anunciou também a saída de Jost Capito do cargo de chefe.

Andreas Seidl, Team Principal, McLaren, Frederic Vasseur, Team Principal, Alfa Romeo Racing, Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1, in the team principals Press Conference

Andreas Seidl, Team Principal, McLaren, Frederic Vasseur, Team Principal, Alfa Romeo Racing, Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1, in the team principals Press Conference

Photo by: FIA Pool

Essa não será a primeira passagem de Seidl pelo time suíço. Nos anos da parceria Sauber-BMW, ele trabalhou como diretor de operações de pista.

"É um prazer me juntar ao Grupo Sauber: é uma equipe com uma história rica na F1 e uma organização que conheço bem, tendo trabalhado e vivido em Hinwil por quatro anos", disse Seidl. 

"É um prazer imenso receber Andreas de volta a Hinwil como CEO", disse Finn Rausin, presidente-executivo da Sauber Holding AG. "A experiência de Andreas é inigualável e ele traz ao Grupo uma compreensão clara do que é necessário para obter sucesso contínuo. Ele assume uma empresa em fase de crescimento e compartilha de nosso compromisso de manter esse caminho".

A Audi também divulgou um comunicado celebrando a contratação de Seidl, a qual considera uma "escolha promissora" antes de sua união com a Sauber em 2026.

"Celebramos a escolha de nosso futuro parceiro", disse Oliver Hoffmann, CTO da Audi AG. "Andreas Seidl tem uma experiência extensa em cargos de liderança em programas de automobilismo tanto do lado de montadoras quanto de Fórmula 1. Seu histórico no esporte é impressionante".

Com isso, Seidl se torna o quarto chefe de equipe a deixar seu cargo após o fim da temporada 2022 em pouco mais de três semanas. Ele chegou na McLaren em maio de 2019 e ajudou a equipe a sair de uma má fase, terminando o Mundial de 2020 na terceira posição.

VÍDEO: Ricciardo será sombra para Pérez na Red Bull?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: 'era Verstappen' tem prazo de validade na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ferrari confirma Vasseur como novo chefe de equipe, sucedendo Binotto
Próximo artigo F1: Após saída de Seidl, McLaren promove Stella ao cargo de chefe de equipe

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil