F1: FIA conversará com pilotos após disputa "questionável" entre Alonso e Raikkonen no GP dos EUA

Finlandês ultrapassou espanhol por fora da Curva 1 e não foi instruído a devolver o lugar, o que causou a fúria do bicampeão

F1: FIA conversará com pilotos após disputa "questionável" entre Alonso e Raikkonen no GP dos EUA

O diretor de provas da Fórmula 1, Michael Masi, planeja conversar com os pilotos após o que ele diz ter sido uma decisão "questionável" no GP dos Estados Unidos sobre a disputa entre Fernando Alonso e Kimi Raikkonen, onde o finlandês ultrapassou o espanhol passando por fora dos kerbs da Curva 1.

Com o movimento, o bicampeão pediu que lhe fosse devolvida a posição, mas os comissários decidiram que nenhuma ação precisava ser tomada. Algumas voltas depois, Alonso saiu da pista ao passar por Antonio Giovinazzi, e desta vez o piloto da Alpine foi instruído a devolver o lugar.

Leia também:

Depois da corrida, Alonso questionou a "estranha" decisão de deixarem Raikkonen ficar à frente enquanto os outros movimentos em que ele estava envolvido tiveram que ser revertidos.

Falando sobre o incidente, Masi explicou que as circunstâncias não foram claras e considerou que era algo que precisava ser falado aos pilotos no próximo GP, no México.

"Eu posso entender sua frustração", disse o diretor. "A chamada em relação a ele e Kimi na Curva 1 foi certamente questionável. Certamente, teremos uma discussão na próxima reunião com todos os pilotos sobre isso, porque acho que a história teve duas partes, digamos assim."

"Obviamente, há uma ultrapassagem e uma tentativa de sair da pista, e depois o elemento subsequente. Portanto, é algo que discutiremos na próxima reunião."

Masi observou que Raikkonen escapou porque pode-se argumentar que Alonso o empurrou para longe em primeiro lugar.

"É por isso que foi uma decisão questionável. Havia dois elementos disso que foram examinados, e foi com base nisso que marginalmente a decisão foi tomada: 'vamos deixar como é '. No entanto, certamente será discutido."

Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo Racing C41, Fernando Alonso, Alpine A521, and Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing C41

Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo Racing C41, Fernando Alonso, Alpine A521, and Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing C41

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Masi ressaltou que, apesar da sugestão de Alonso de que uma decisão rápida deveria ser feita sobre o incidente, era necessário estudá-lo adequadamente.

"O importante é que você precisa olhar para isso e tudo ao seu redor. E meu chamado para as equipes é uma recomendação."

"Eles podem escolher não segui-lo, e se decidirem não seguir, não tenho o poder de dizer que você tem que fazer isso. É 'eu sugiro que faça'. E se eles decidirem não, eu refiro isso para os comissários para que eles vejam e eles farão seu julgamento de acordo."

Questionado se achava que Alonso estava tentando provar um ponto com sua jogada subsequente em Giovinazzi, Masi respondeu: "Não, de jeito nenhum. Não ouvi o rádio de Fernando, mas minha sugestão foi para que eles devolvem a posição, o que aconteceu."

"E então, a mesma coisa aconteceu algumas voltas depois com Antonio e Fernando, e a instrução foi para a Alfa Romeo para que essa posição fosse devolvida."

Michael reconheceu que o nome de Alonso apareceu várias vezes ultimamente no contexto das decisões da FIA: "Eu acho engraçado como os incidentes aparecem, mas eu trato cada um e dou uma olhada em cada, independente de quem está envolvido nele."

F1 AO VIVO: FIM DA LINHA para Mercedes/Hamilton em '21? O pós-GP, VW na F1, POLÊMICAS nos EUA e mais | RETA FINAL

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Fittipaldi diz que Verstappen é mais consistente que Hamilton na luta pelo título
Artigo anterior

F1: Fittipaldi diz que Verstappen é mais consistente que Hamilton na luta pelo título

Próximo artigo

F1 - Verstappen: "México e Interlagos serão cruciais para o campeonato"

F1 - Verstappen: "México e Interlagos serão cruciais para o campeonato"
Carregar comentários