F1: FIA fiscalizará lentidão de pilotos após problemas na sexta em Jeddah

Michael Masi já havia tomado decisões similares neste ano, em pistas como Sochi e Baku

F1: FIA fiscalizará lentidão de pilotos após problemas na sexta em Jeddah

O diretor de provas da FIA, Michael Masi, divulgou uma nova diretiva que proíbe os pilotos de andarem muito lentamente no treino livre e na classificação para o GP da Arábia Saudita de Fórmula 1 com o objetivo de abrir uma diferença para o carro da frente. O movimento vem após alguns problemas nas sessões da sexta-feira em Jeddah, e que foram debatidas na reunião com os pilotos.

Porém, a nova restrição se aplica apenas a um curto setor da pista, no trecho final, iniciando a partir da curva 22, onde Charles Leclerc bateu no final do TL2.

Leia também:

Após a sessão, Lewis Hamilton falou sobre isso: "Definitivamente é muito pior do que boa parte dos lugares onde vamos. É tipo Mônaco. As velocidades de aproximação tornam isso uma zona perigosa".

Na breve discussão focada em entender as áreas de maior risco, esse setor de maior velocidade foi destacado pelos pilotos. Masi já tomou atitudes similares em GPs anteriores, como Sochi e Baku, especificando no segundo que os pilotos deveriam aumentar a velocidade no terceiro setor, antes da reta principal, criando a distância para o carro da frente na parte mais lenta da pista.

Em uma versão atualizada das notas do diretor, Masi escreveu: "Qualquer piloto com a intenção de criar uma diferença à sua frente para ter uma volta limpa não pode tentar fazer isso entre as curvas 23 e 25. Qualquer piloto visto fazendo isso terá seu caso repassado aos comissários pela quebra do Artigo 27.4 do Regulamento Desportivo".

Pierre Gasly, AlphaTauri AT02, Esteban Ocon, Alpine A521

Pierre Gasly, AlphaTauri AT02, Esteban Ocon, Alpine A521

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

"Em momento algum um carro pode ser guiado de forma desnecessariamente lenta, erraticamente ou de modo considerado potencialmente perigoso para outros pilotos e / ou pessoas", diz o artigo referido por Masi.

As equipes acreditam que os problemas de tráfego podem ser ainda maior na classificação, devido à necessidade dos pilotos terem que aquecer os pneus.

"Há áreas em que não é fácil deixar espaço para outro passar", disse Marcin Budkowski da Alpine. "Então eu acho que será uma classificação movimentada, com várias informações de tráfego pelo rádio",

"Acho que uma coisa é clara, com o macio e o médio foram necessárias duas a três voltas para colocá-los na janela ideal. Então deve ser uma classificação interessante e o fato de ter tráfego, será bem complicado".

Mas Franz Tost, da AlphaTauri, confia que os pilotos farão a coisa certa: "Para os pilotos será bem complicado. Mas os pilotos foram bem disciplinados na sexta e acho que será o mesmo na classificação. Eles estão acostumados a isso com pistas como Mônaco, Budapeste e Baku. Então não espero problemas na classificação".

F1 AO VIVO: HAMILTON x VERSTAPPEN na estreia de JEDDAH e tudo sobre os treinos na ARÁBIA SAUDITA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Red Bull utilizou menor pressão aerodinâmica e mapeamento de motor cauteloso no TL2 de Jeddah; entenda
Artigo anterior

F1: Red Bull utilizou menor pressão aerodinâmica e mapeamento de motor cauteloso no TL2 de Jeddah; entenda

Próximo artigo

F1 AO VIVO: Acompanhe o terceiro treino livre para o GP da Arábia Saudita em tempo real

F1 AO VIVO: Acompanhe o terceiro treino livre para o GP da Arábia Saudita em tempo real
Carregar comentários