Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

F1: Red Bull utilizou menor pressão aerodinâmica e mapeamento de motor cauteloso no TL2 de Jeddah; entenda

Escolhas da equipe austríaca diferenciam das da Mercedes, que forçará mais a unidade na corrida, mas com mais downforce

F1: Red Bull utilizou menor pressão aerodinâmica e mapeamento de motor cauteloso no TL2 de Jeddah; entenda

A Red Bull está se esforçando ao máximo para colocar a Mercedes em apuros. Já que nem mesmo a equipe de Milton Keynes trouxe inovações técnicas, o desafio passou a ser saber aproveitar ao máximo as soluções disponíveis para adaptar as características de um carro à pista de Jeddah, um circuito de rua que tem uma velocidade média digna de Silverstone ou Spa-Francorchamps.

O jogo que está sendo disputado na Arábia Saudita ainda está virado para baixo na mesa: a montadora alemã ainda não montou o super motor no W12 de Lewis Hamilton e a escuderia austríaca escolheu deliberadamente um mapeamento de unidade de força Honda muito cauteloso para Max Verstappen.

Leia também:

A Mercedes optou por uma configuração aerodinâmica mais carregada do que a que os engenheiros chefiados por Pierre Waché escolheram para a segunda sessão de treinos livres, quando o holandês entrou em pista com uma asa traseira de mainplane de menor resistência devido a uma forma spoon acentuada e graças às laterais planas, sem riscos e evitando fluxos retorcidos.

Red Bull Racing RB16B dettaglio dell'ala posteriore usata durante le Prove Libere 2 del GP dell'Arabia Saudita

Red Bull Racing RB16B dettaglio dell'ala posteriore usata durante le Prove Libere 2 del GP dell'Arabia Saudita

Photo by: Giorgio Piola

Red Bull Racing RB16B dettaglio dell'ala posteriore più carica usata durante le Prove Libere 1 del GP dell'Arabia Saudita

Red Bull Racing RB16B dettaglio dell'ala posteriore più carica usata durante le Prove Libere 1 del GP dell'Arabia Saudita

Photo by: Giorgio Piola

No flap móvel, por outro lado, notamos o aparecimento de um nolder vistoso, cuja eficácia se manifesta apenas em curvas lentas, pois o fluxo tende a contornar o flap Gurney além de uma determinada velocidade, enquanto no TL1 esta solução não foi montada .

A velocidade máxima de 4 km/h que separava o RB16B de Verstappen da Mercedes empurrou a equipe de Milton Keynes na direção de buscar total eficiência aerodinâmica.

Será necessário ver o que vai acontecer esta tarde na classificação, quando os pilotos poderão explorar a aceleração do motor e as diferenças de velocidade poderão ser mais acentuadas. O objetivo da Mercedes é trazer Valtteri Bottas ao lado de Hamilton, possivelmente na pole position.

A Red Bull quer fazer com que esse plano de ação fracasse, contando com a inclusão de Verstappen entre os W12. Milton Keynes está convencida de que o problema de aquecer os pneus dianteiros nas três primeiras curvas, manifestado ontem pelo holandês, terá de ser ultrapassado quando a pista de Jeddah ficar como o esperado. Cada pequeno detalhe pode fazer uma grande diferença.

Red Bull Racing RB16B, dettaglio dell'ala posteriore più scarica scelta da Verstappen in FP2

Red Bull Racing RB16B, dettaglio dell'ala posteriore più scarica scelta da Verstappen in FP2

Photo by: Giorgio Piola

F1 AO VIVO: HAMILTON x VERSTAPPEN na estreia de JEDDAH e tudo sobre os treinos na ARÁBIA SAUDITA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ferrari confirma que Leclerc manterá chassi e motor após batida no TL2
Artigo anterior

F1: Ferrari confirma que Leclerc manterá chassi e motor após batida no TL2

Próximo artigo

F1: FIA fiscalizará lentidão de pilotos após problemas na sexta em Jeddah

F1: FIA fiscalizará lentidão de pilotos após problemas na sexta em Jeddah
Carregar comentários