F1: FIA modifica regras de bandeira amarela a partir de Mônaco; entenda

Mudança se refere especificamente às zonas de bandeira amarela dupla

The safety car board is show as marshals wave yellow flags

Como parte da busca da FIA para melhorar a segurança no automobilismo, a Federação anunciou uma modificação no regulamento da Fórmula 1 para bandeiras amarelas duplas. A partir do GP de Mônaco deste fim de semana, os pilotos terão que cumprir um limite mais rígido de velocidade em zonas de amarela dupla, tanto nos procedimentos de safety car quanto com o SC virtual.

Anteriormente, a única exigência para os pilotos quanto às amarelas duplas estava no Código Desportivo Internacional, dizendo que eles deveriam "reduzir a velocidade significativamente, sem ultrapassar, e estando preparados para mudar de direção ou parar".

Leia também:

Tempos de volta na classificação são automaticamente excluídos quando as amarelas duplas estão acionadas para desencorajar os pilotos.

Porém, em condições de SC ou SC virtual, a presença da bandeira amarela dupla na área não acarretava em mais obrigações para os pilotos reduzirem a velocidade. Na verdade, com o modo no qual os deltas de tempo funcionavam, os pilotos poderia inclusive ir mais rápido que o normal em certos setores da pista para recuperar o tempo perdido em outras áreas.

Porém, a partir de agora, os pilotos serão forçados a atingir um limite designado de velocidade especificamente nas áreas de bandeira amarela dupla em condição de SC ou SC virtual.

Tim Goss, diretor técnico da FIA, acredita que a imposição de um limite de velocidade específico ajuda os pilotos e torna o espaço mais seguro para os fiscais de pista.

Marshals wave a yellow flag and hold a safety car board

Marshals wave a yellow flag and hold a safety car board

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

"O que queremos é dar aos pilotos uma ferramenta que os ajudem durante incidentes, tornando as corridas mais seguras. Por anos, usamos os deltas de tempo quando em SC ou SC virtual, em referência ao limite de velocidade que temos na pista. Porém, há situações nas quais os carros podem legitimamente aumentar a velocidade para recuperar o que perderam".

"O que queremos é estender o uso desse conceito de delta, garantindo que os carros se mantenham devagar".

Os pilotos receberão alertas visuais e auditivos sobre as zonas de amarela dupla, para não serem pegos de surpresa. E apesar do novo sistema abrir a porta para potenciais desvantagens para os pilotos se eles reduzirem a velocidade em uma amarela dupla que chega ao fim enquanto eles estão transitando pela zona, a FIA afirma que a segurança deve ficar à frente dos aspectos competitivos.

ASTON MARTIN-HONDA CONFIRMADA na F1 2026: Detalhes, como RBR/Mercedes são IMPACTADAS e fator ALONSO

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #231: Diante das broncas de Verstappen e Hamilton, a F1 está perdendo DNA?

 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior ANÁLISE F1: Entenda como Mercedes 'evoluiu' o W14
Próximo artigo F1 - Vice-presidente da Ferrari compara Verstappen e Leclerc e pondera: "Falta experiência"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil