Fim do "modo festa" visa evitar ganho de desempenho 'travestido' por confiabilidade

compartilhar
comentários
Fim do "modo festa" visa evitar ganho de desempenho 'travestido' por confiabilidade
Por:

Federação Internacional de Automobilismo explicou a novidade da F1 em Monza

A partir do GP da Itália, a Fórmula 1 vai proibir a utilização do ‘modo festa’ nos treinos de classificação. Assim, a potência liberada nos motores durante as sessões qualificatórias será reduzida, o que deve diminuir a grande vantagem da Mercedes nos sábados.

Entretanto, o motivo para tal restrição é outro: evitar que as montadoras ganhem desempenho nas unidades de potência sob a alegação de que eventuais novidades se devem à necessidade de melhorias na confiabilidade.

Leia também:

É o que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) explicou na diretriz técnica emitida para esclarecer a proibição do ‘modo festa’. Segundo o órgão, as montadoras estão usando autorizações para melhoria de confiabilidade para 'bombar' o motor para a classificação.

De acordo com o documento da FIA, as necessidades de melhorias de confiabilidade apontadas pelas fabricantes se devem ao grande estresse das unidades de potência causado pelo ritmo de classificação, e não ao desgaste padrão dos motores verificado nas corridas.

"Acreditamos que, em muitos casos, os tais problemas de confiabilidade são consequências inevitáveis da utilização do motor fora de seus limites operacionais confiáveis em alguns momentos de um evento”, explicou a FIA.

“Tais solicitações relativas à confiabilidade são, na realidade, uma maneira indireta de permitir que mais modos de alto desempenho sejam usados durante a vida útil de uma unidade de potência”.

"Em muitos casos, é virtualmente impossível para a FIA se certificar de que todas as solicitações de alteração nos motores são exclusivamente para os fins permitidos pelos regulamentos e não têm efeito sobre o desempenho.”

Verstappen 'aniquila' como Senna e Schumacher, diz Button: “Adoraria vê-lo enfrentar Hamilton”

PODCAST Motorsport.com debate qual seria o calendário ideal da Fórmula 1; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Equipe do WEC afirma ter interesse em Sebastian Vettel: "Se quiser, teremos um assento para ele"

Artigo anterior

Equipe do WEC afirma ter interesse em Sebastian Vettel: "Se quiser, teremos um assento para ele"

Próximo artigo

ANÁLISE: Por que a TV não consegue mostrar que carros da F1 atual são mais rápidos que o da geração de Senna

ANÁLISE: Por que a TV não consegue mostrar que carros da F1 atual são mais rápidos que o da geração de Senna
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper